Notícia

Surpresa

Cláudio Ramos sobre Cinha Jardim: "Foi na cama dela que dormi quando precisei de colo"

O apresentador já passou por momentos terríveis, no pior de todos teve o apoio da socialite que o recebeu em casa e cuidou dele.
10 de março de 2018 às 14:00

Cláudio Ramos decidiu recuar no tempo e recordar momentos menos bons quando precisou da ajuda dos amigos para recuperar a alegria de viver.

No seu blogue, o cronista agradeceu em particular a Cinha Jardim que o acolheu em casa e o acompanhou nesses dias de tormenta, levando-o de carro até para o trabalho. Foi com Cinha que Cláudio desabafou os seus mais íntimos segredos, durante "um dos momentos mais difíceis" da sua vida.

"Foi a ela que contei coisas da minha vida que mais ninguém sabe, foi na cama dela que dormi quando precisei de colo", recorda o também apresentador. "Acordava e ela estava ali, adormecia e ela estava ali, eu tinha que ir trabalhar e era ela que me acordava, me levava, me apanhava e me voltava a meter em sua casa, até perceber que já o poderia fazer sozinho. Foi ela que me entendeu antes de qualquer outra pessoa… Fez isto e muito mais", agradeceu Cláudio Ramos a Cinha Jardim.

Cláudio deixa ainda uma homenagem à grande amiga que considera "uma mulher sempre à frente no seu tempo sem medo de rótulos e sem preconceito nenhum", "generosa", "trabalhadora", uma mulher que "gosta de liberdade" e muito dedicada às filhas.

A carregar o vídeo ...
;
"Já levou muitos tropeções na vida, muitos pontapés. Já teve muito e ficou com pouco. Mas não foi isso que a fechou em casa, a transformou noutras pessoas e lhe boicotou os sonhos. Arregaçou sempre as mangas e saiu para se fazer à vida. Foi pioneira em muitas coisas", elogiou Cláudio.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável