Notícia

Surpresa

Como muita emoção à mistura! Toy recorda história de amor dos pais: "O meu pai foi amante da minha mãe"

O cantor esteve à conversa com Manuel Luís Goucha e emocionou-se ao falar do pai, que partiu a semana passada.
27 de julho de 2020 às 13:03
Os momentos hilariantes de Toy
Toy
Toy
cantor Toy
Toy no concurso SPASH
Toy
Toy
Toy em concerto
Toy em concerto
Toy em concerto
Toy com amigos
A fotografia que está a dar que falar
Toy
Toy
Cantor Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
toy, daniela, mulher
toy, daniela, mulher
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
toy, daniela, mulher
Toy, cantor, músico, setúbal, polémica
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
toy, daniela, mulher
toy, daniela, mulher
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Toy
Foi esta manhã, 27 de julho, no 'Você na TV', que Toy, em conversa com Manuel Luís Goucha, recordou as suas origens e história de amor dos pais. Um momento muito emotivo, já que o cantor perdeu o pai há apenas uma semana, mais concretamente no passado dia 19 de julho.

"Ele foi sempre aquela pessoa do exemplo, era um grande alfaiate mas pronto de facto estes últimos dias da vida dele, o último ano, foi complicado porque a demência transforma as pessoas", disse o cantor, que se mostrou emocionado.

"Ele já não conhecia ninguém, o meu pai deixa de viver porque já não existia, ‘penso logo existo’ não é?, ora se não pensa já não existe, ele já tinha uns comportamentos estranhos", recordou.

A carregar o vídeo ...

Mas o ponto alto desta conversa foi quando Toy recordou a história de amor dos pais começando por dizer: "O meu pai foi amante da minha mãe". Surpreendido, Manuel Luís Goucha quis saber: "Conta-me essa história... A tua mãe era casada?".

O cantor de Setúbal esclareceu: "O meu pai é que era [casado]. Tenho um irmão, que já não via há muito tempo e que vimo-nos agora, tem 74 anos e que é do primeiro casamento do meu pai".

"O meu pai casou com a mãe do meu irmão e depois veio para Lisboa com 18 anos para fazer a tropa [...]. Foi para Setúbal onde se estabeleceu como alfaiate". Não regressou para a terra nem para a mulher.

A carregar o vídeo ...

Continou a contar: "O meu pai conheceu a minha, que trabalhava numa sapataria do Senhor Batista, quando ela lhe foi lá entregar um fato. Ela com 20 aninhos e ele com 35. Ahhh, mas entretanto o meu pai tinha outra senhora, tipo casamento".

"Mesmo vivendo com outra senhora, o meu pai já andava a topar a minha mãe. Um dia agarrou-a e beijou-a e apaixonaram-se". Depois de vários obstáculos a esta paixão, Toy garante que a mãe foi a última mulher na vida do pai. 



Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;