Notícia

Nacional

Cristiano Ronaldo faz revelações sobre o filho

Cristiano Ronaldo garante que direciona o futuro herdeiro e que gostava que ele viesse a ser avançado.
09 de janeiro de 2017 às 20:23
Cristiano Ronaldo olha pelo futuro do filho
Cristiano Ronaldo com o filho num momento de diversão.
Cristiano Ronaldo com o filho.
Cristiano Ronaldo com o filho a praticar exercício físico. Esta foi outra das imagens, da vida real, partilhadas com o realizador britânico do documentário 'Ronaldo'.
Cristiano Ronaldo com o filho em viagem.
Cristiano Ronaldo com o filho.
Cristiano Ronaldo com o filho
Cristiano Ronaldo com o filho
Cristiano Ronaldo com o filho
Cristiano Ronaldo com o filho
Cristiano Ronaldo com o filho

Cristiano Ronaldo revelou que o filho já foi vítima de bullying na escola, por causa da sua rivalidade com Lionel Messi. E diz que Cristianinho "está preparado para lidar" com as comparações.

Perante um ano perfeito – em que foi campeão europeu por Portugal e pelo Real Madrid, venceu a Bola de Ouro e o prémio de Melhor Jogador da FIFA – Cristiano Ronaldo, de 31 anos de idade, abriu o coração e fez revelações sobre a sua relação com o filho, Cristiano Jr., de 6 anos de idade.

O craque português contou que o herdeiro, por ser seu filho, não tem a vida facilitada na escola, onde é vítima de bullying por parte dos colegas. "Às vezes, dizem-lhe: ‘O teu pai não é o melhor jogador do mundo, há outro melhor do que ele’." CR7 garantiu, todavia, que Cristiano está preparado para lidar com essas situações, até porque, com também realça, "é um menino muito despachado, como o pai".

Apesar desta experiência, o capitão da Selecção Nacional conta que procura incutir no filho a noção de que é um privilegiado: "Ele sabe que nasceu num bom momento, que vive numa casa bonita e que o pai tem carros bonitos." Mas Ronaldo também defende que "ele sabe o que custou ganhar isso tudo".

Por confirmar, fica a máxima de que "filho de peixe sabe nadar". Isto, porque o craque merengue confessa que gostava que ele lhe seguisse as pisadas. Porém, garante que não o vai "pressionar, apenas direccionar". E não esconde a preferência pela posição em campo, caso Cristianinho venha a enveredar pelo futebol: "Só não quero é que seja guarda-redes, quero que seja avançado."

A um mês de celebrar 32 anos, CR7 garante: "Ainda tenho anos pela frente como futebolista." E explica que não são os milhões que aufere, entre salários e contratos publicitários, que o motivam: "[O dinheiro] é algo importante para a independência após o futebol. Vejo o dinheiro como algo para me dar comodidade quando terminar a carreira."

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável