Notícia

drama

Depois de denúncia sobre violência doméstica, jornalista da TVI é atacado

Emanuel Monteiro não escapa à fúria dos internautas, que o acusam de fazer uma "triste figura".
26 de julho de 2018 às 09:40
Jornalista da TVI criticado após denúncia de violência doméstica
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
"Mais um que quer aparecer com indiretas no Instagram para o ex. Queixa na polícia nada". Este é um dos comentários na página do jornalista Emanuel Monteiro, depois de denunciar no último sábado, 21, ter sido vítima de violência doméstica.

O jornalista da TVI fez a declaração após a morte de um jovem do Porto, Miguel Ribeiro, de 20 anos, assassinado à facada por André Ribeiro, de 29 anos. 

"Claro, não consegue denunciar por medo na polícia, mas no instagram já perde o medo todo", lê-se também entre os comentários. 

Emanuel Monteiro, jornalista da TVI, acusa namorado, que trabalha na TVI, de violência doméstica
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
Emanuel Monteiro
"Tu queres é fama! Triste figura. Em todo o caso, como de crime público se trata, espero que as autoridades abram inquérito para que não sejam proferidas, porventura de forma inusitada, leviandades. Se há crime, que se investigue. Certamente não está prescrito e como se sabe não depende de queixa. Não vejo aqui (na minha modesta opinião) nenhum ato de coragem mas de oportunismo", diz outro internauta. 

Na denúncia, o jornalista não identifica alegado agressor, referindo que foi "vítima de violência doméstica durante mais de 1 ano, de forma consecutiva e, a cada episódio, mais grave. Começou com um estalo e acabou com um espancamento". O episódio terá acontecido na noite do seu aniversário, "estava sem telemóvel, trancado, impedido de fugir ou de pedir ajuda". 

A carregar o vídeo ...
"Fiquei gelado de medo, morto de espírito, enquanto era agredido sem dó, nem piedade. Não consegui, sequer, defender-me", continua Emanuel, de 24 anos de idade.

O jornalista deixa ainda em aberto a ideia de que o alegado agressor será seu colega na TVI. Contactada pelo 'CM', a diretora de comunicação, Helena Forjar, disse que "não comenta a história, que não tem nomes, pode ser inventada".

DEFESA

Apesar das críticas, é maior o número de pessoas a defender Emanuel. "Força, Emanuel. É uma falha de nós como sociedade que tenhas de estar ainda exposto à presença do agressor assim... No fundo quem sofre sempre as consequências negativas são as vítimas que ficam sem apoio, os agressores continuam tantas vezes com a sua vidinha e com o apoio dos amigos e da família", diz um dos seguidores.

"Vivi algo parecido ao longo de 4 anos, sem coragem para sair dessa relação porque criamos um género de dependência inexplicável por essa pessoa que nos maltrata", partilha outra pessoa. 

Segundo o 'CM', o Ministério Público deverá abrir um processo de inquérito para averiguar as alegadas agressões ao jovem por se tratar de um crime público.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Emma Silva 07.12.2019

Quer encontrar uma garota por uma noite? Bem-vindo - GetMeets.com

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;