'

Notícia

Atualidade

Luciana Abreu: ódio familiar acaba em tribunal

Tia de Luciana Abreu testemunha contra o pai da cantora motivada pelo ódio. Guerra de sangue continua na justiça.
05 de abril de 2017 às 21:30
A carregar o vídeo ...
A vida de Luciana Abreu, de 31 anos, não tem sido fácil. Apesar do enorme sucesso profissional da atriz e cantora, que encanta milhares de pessoas depois de ter dado vida a Floribella, o lado pessoal continua a ser um enorme obstáculo para que Luciana seja feliz. Vive em guerra permanente com a família. 

Continua sem ter sorte ao amor. Depois de se ter separado do pai das filhas, o futebolista Yannick Djaló, não assumiu nenhum romance, apesar de ser uma das mulher mais cobiçadas de Portugal. Apesar de ser muito assediada, a cantora não se deixa levar... quer ter a disponibilidade total extra-trabalho para dedicar-se às filhas. "Para aproveitar o tempo convosco, é como se não houvesse amanhã! Eu posso ser a vossa Estrelinha, a vossa boneca de dormir, a melhor mamã de sempre, mas vocês para mim serão para toda a eternidade o meu mundo. Nada nesta vida é mais importante e tem mais valor do que vocês ! É por isso que a mamã por vocês vai até ao fim do mundo", escreveu recentemente a cantora nas redes sociais, depois de ter sido tornado público que a mãe, Ludovina Abreu, se tinha tentado suícidar.

A carregar o vídeo ...

Mas não é só com a mãe que vive em guerra. Recorde-se que durante muitos anos Ludovina foi o braço direito da filha do meio (tem mais duas), mas a cantora diz ter descoberto "coisas muito graves" que a levou a cortar relações com a mãe e a irmã mais nova, expulsando-as da casa onde viviam todas em Cascais. Explicou que lhes dava uma mesada, mas que depois de alguns meses ambas teriam de fazer pela vida.

Luciana Abreu também está de costas voltadas com Luísa, a irmã benjamim que sempre protegeu e que muito fez para que a aspirante a cantora vingasse no mundo das artes.
A carregar o vídeo ...

Mas não é só no lado maternal que tem problemas. De acordo com a 'TV Guia', a cantora tentou uma reaproximação ao pai alegadamente por causa de um processo em tribunal, mas voltaram a zangar-se após ambos não terem cumprido supostas promessas que tinham feito. Ele retirar a queixa em tribunal, ela emitir um comunicado a elogiar o pai, depois de no passado ter dito que ele era violento.

Depois deste episódio, a madrasta também saiu a terreiro a lamentar a atitude da enteada, com quem não terá uma boa relação. Agora é uma tia, Ana Paula, que, de acordo com a mesma revista, odeia Luís Costa Real e que por isso está do lado da sobrinha em tribunal.

A carregar o vídeo ...
Uma guerra constante, apesar dos laços de sangue.



Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever