Notícia

Casas Reais

Meghan Markle confessa ser "fã" de um Trump

Antes de se tornar a duquesa de Sussex, Meghan não escondia o seu desagrado pelo então candidato à Presidência dos Estados Unidos. Mas era tinha um ídolo na mesma família.
14 de janeiro de 2019 às 15:02
Antes de assumir a relação com o príncipe Harry, Meghan Markle não escondia as suas opiniões políticas e oposição a Donald Trump, definido-o como "misógino", mas há um membro daquela família que merecia a atenção da duquesa de Sussex.

"Adoro Ivanka Trump. Adoro o que ela fez com a sua empresa. Acho que ela é espetacular", declarou a ex-atriz à 'InStyle' em 2015, citada agora pelo 'Express'.

O jornalista e escritor Andrew Morton, especializado na casa real britânica, explica que "antes de Donald Trump entrar na corrida para a presidência, um dos ídolos femininos de Meghan era a executiva Ivank Trump, que tinha a sua própria linha de jóias e roupas". 

Atualmente, Ivanka é uma das conselheiras do pai na Casa Branca - uma administração que desagrada a duquesa de Sussex. Enquanto ainda trabalhava na série 'Suits', Meghan chegou a dizer que se Trump vencesse as eleições ela iria mudar-se de vez para o Canadá.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável