Notícia

Surpresa

Namorada de Yannick Djaló faz o jogador falar tudo sobre o divórcio com Lucy... para o público

Foram revelações uma tanto diferentes, de frente à atual namorada e para os fãs de Daisy Gonçalves. A música de fundo dizia "samba na cara da inimiga".
13 de março de 2018 às 15:08
Foi a falta de confiança que ditou o final da relação de Yannick Djaló e Luciana Abreu, segundo o próprio jogador e pai das filhas mais velhas da cantora, Lyonce, de 7 anos, e Lyannii, de 5.

Djaló falou abertamente pela primeira vez sobre o final do seu casamento, a forma como fez é que foi inusitada. O jogador de 31 anos foi entrevistado pela sua própria namorada num direto para as redes sociais e canal de YouTube da blogger, a moçambicana Daisy Gonçalves, que tinha como tema "O doce e o amargo do relacionamento à distância".

"Começamos a aprender a lidar melhor com certos tipos de relações. Hoje estou bem mais preparado para viver esse amor, saber cuidar melhor e saber compreender melhor com a pessoa amada", começa por explicar Djaló ao comparar a sua relação antiga com a atual.

Ao que Daisy pergunta se agora ele está mais tolerante. "Não fui intolerante antes, portanto não mudei muito em relação a isso. Só que, claro, sei o que é viver um relacionamento à distância".

"Sinto atualmente que esta relação é muito mais vivida do que a anterior. Não querendo desfavorecer a outra parte, mas vivo esta relação com muito mais intensidade e sinto uma vontade maior de estarmos ligados", acrescenta Djaló.

Daisy não fica satisfeita com as respostas e pergunta diretamente o que falhou. "A falta de confiança é um dos principais motivos do fim do meu relacionamento ou de problemas do relacionamento", diz o jogador, argumentado que aconteceu principalmente quando ele estava nos Estados Unidos, em meados de 2014.

Ainda questionado pela atual namorada sobre o que iria mudar, se pduesse voltar atrás, Djaló respondeu: "Não era tanto por mim, mas sim pela outra parte".

Yannick Djaló e Luciana Abreu casaram-se em em maio de 2010 e divorciaram-se 4 anos depois, na altura em que ele estava nos EUA.

A carregar o vídeo ...
;

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável