Notícia

Papa Francisco em Fátima

O passado de pobreza e dificuldades de Francisco

O Papa sempre mostrou humildade e aconselha os católicos a manterem-se fiéis às suas origens, tal como ele faz. Jorge Mario Bertoglio nasceu numa família de emigrantes e teve que trabalhar nas limpezas enquanto estudava.
Por Isabel Laranjo | 10 de maio de 2017 às 22:59
Papa foi operado de urgência
Papa Francisco lança pomba branca na Praça de S. Pedro, no Vaticano. Ainda hoje, vive com a dor de ter perdido o pai de forma súbita e prematura.
O Papa Francisco é um dos mais populares de sempre. Assumiu o pontificado no dia 13 de março de 2013.
Jorge Mario Bertoglio ainda em Buenos Aires, pouco depois de se ter formado em Química. Antes, tinha sido um rapaz que viveu a boémia natural da juventude e teve várias namoradas.
O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa a cumprimentar o Santo Padre, durante a visita oficial ao Vaticano.
A alegria de Francisco é contagiante. O Sumo Pontífice acena aos fiéis na Praça de S. Pedro, no Vaticano.
O Sumo Pontífice a abençoar um bebé, durante uma das suas saídas, no Vaticano.
Todas as semanas, o Papa Francisco visita, de surpresa, uma instituição em Roma. Aqui, a visitar bebés internados num hospital local.
A circular no Papa Móvel. Francisco tem uma postura muito descontraída e é comum quebrar o protocolo para cumprimentar quem lhe acena.
Francisco tem sido inovador e, muitas vezes, surpreendentes. No Vaticano, fez, alegadamente, um exorcismo.
O Papa Francisco com o Cardeal Patriaca de Lisboa, D. Manuel Clemente.
O quarto onde o Santo Padre ficará instalado, muito simples, em Fátima.
O Papa Francisco está em Fátima para a procissão das velas, a missa que celebra os 100 anos das aparições de Nossa Senhora aos Pastorinhos e a canonização dos beatos Jacinta e Francisco Marto.
Papa Francisco
Papa Francisco
Papa Francisco, vaticano, praça de S. Pedro
Papa Francisco
Jorge Mario Bertoglio, que adotou o nome Francisco quando assumiu o pontificado, em 2013, é filho de uma doméstica, nascida em Buenos Aires, e de um contabilista italiano que emigrou para a Argentina, em busca de melhores condições de vida.

O atual Papa é o mais velho de 5 irmãos e sempre soube o que era ser pobre. Talvez por isso, um dos seus pedidos aos fiéis é que cuidem do próximo e também não renegem as suas origens, sejam elas quais forem.

Jorge Mario destacou-se por ser bom aluno. Ingressou no seminário Villa Devoto e em 11 de março de 1958 iniciou o noviciado na Ordem dos Jesuítas. Só que, ao mesmo tempo, prosseguiu os estudos e acabou por formar-se em Química, na Universidade de Buenos Aires.

O PAPA DOS POBRES

Com magros ordenados, os pais mal tinham como sustentar os 5 filhos. Jorge Mario começou a autonomizar-se e a trabalhar, no que aparecia. Sabia que não podia ser mais um peso para a família. 

O Sumo Pontífice, que adotou o nome Francisco, é o primeiro Papa de origem latino americana. E tem hábitos diferentes do habitual para a sua posição na hierarquia da Igreja. Gosta de passear pelas ruas de Roma e de comer piza, como qualquer romano, em cantinas simples.

Foi numa dessas caminhadas por Roma que acabou por revelar uma parte da sua juventude. "Fiz limpezas, trabalhei num laboratório", explicou o Santo Padre que se preocupa particularmente com os mais pobres e mandou montar, há poucas semanas, uma lavandaria self service para os sem abrigo da capital italiana.

Francisco que confidencia acreditar que irá ter um pontificado curto evita os luxos. Numa das últimas vezes que entrou no avião papal, um assessor avisou-se de que deveria trocar de sapatos, porque os que usava eram velhos. Francisco não aceitou o conselho. Hábitos que mantém desde sempre, por saber bem o que é viver em dificuldades.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável