'

Notícia

Solidariedade

Incrível! Pessoas com dificuldades financeiras querem ajudar Toy!

Após pedido de ajuda às televisões para lhe pagarem pelo menos as despesas, cantor tem sido apoiado pelos amigos e fãs. "Dói-me muito", diz, emocionado.
13 de dezembro de 2020 às 16:33
Ele vai a todas! Toy nunca diz que "não"
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy
toy

Apesar deste ter sido um ano atípico, Toy quer garantir que, no Natal, vai conseguir reunir a família e viver esta época com a maior normalidade possível. Homem de afetos, o cantor de 57 anos de idade espera celebrar esta data de união com aqueles que mais ama. "Em princípio, o Natal vai ser em casa, com a minha família e aqueles que puderem vir. Espero que não seja muito diferente dos anteriores e que possamos celebrar todos juntos", começa por contar à 'TV Guia' desta semana.

Na casa de Toy, a noite da Consoada costuma ser de pura animação e há coisas que não podem mesmo faltar. "Tem de haver tudo o que é típico: bacalhau para a ceia, vinho de qualidade e aqueles doces tradicionais de Natal." Com a ementa preparada, segue-se um serão de puro divertimento, como adianta o artista setubalense: "Depois do jantar, é o costume: há música, instrumentos, canto... É uma festa!"

Toy confessa que é a mulher, Daniela, que fica encarregue de escolher e comprar as prendas para os familiares, o que faz com que o cantor romântico só se tenha de preocupar com o dela. Porém, comove-se com o amor que os outros têm por ele, como conta à mesma revista. "Dói-me muito que haja pessoas que me querem contemplar com um presente e que eu sei que estão a passar por muitas dificuldades. Fico sem jeito. Basta que me deem um abraço. Hoje em dia, é um bem raro e tão caro!" Ainda na noite de Natal, o ainda comentador do 'Big Brother' faz questão de se recordar sempre dos que já partiram. "Brindamos e saudamos os que já não estão entre nós. É uma bela forma de os homenagear."

PEDIDO ÀS TV PARA LHE PAGAREM AS DESPESAS

Para 2021, o artista espera olhar para este ano como "apenas um pesadelo". Recorde-se que, devido à pandemia, viu todos os seus concertos cancelados, pesadelo que lhe tirou milhares de euros. Há três semanas, também na 'TV Guia', o artista fez um apelo às televisões para que o ajudassem neste momento difícil, sem espetáculos pelo país: "Pelo amor de Deus, paguem-me alguma coisa. Pelo menos para as despesas." Os milhares de fãs deram-lhe todo o apoio nos últimos dias.  

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever