Notícia

surpresa

Polémica. "Encostada" na TVI, antiga pivô foi trabalhar para a "casa" de Cristina Ferreira na SIC

Ana Filipe Nunes deixou a televisão de Queluz de Baixo há meia dúzias de dias e já se apresentou ao serviço na SIC.
04 de março de 2019 às 12:09
Ana Filipa Nunes troca TVI pela "casa" de Cristina Ferreira
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
Ana Filipa Nunes
A revolução continua na televisão portuguesa, com muitas trocas de cadeiras e muitas polémicas pelo meio. Encostada na TVI há alguns meses, a antiga pivô Ana Filipa Nunes trocou a TVI, onde esteve 14 anos, pela SIC, tendo já começado a trabalhar esta segunda-feira no 'Programa da Cristina'.

"Começo hoje. Sou a nova inquilina da Casa da Cristina na SIC. Função: jornalista", escreveu esta manhã Ana Filipa, depois de se ter despedido da TVI no dia 28 de fevereiro.



Na altura não disse para onde ia nem explicou o que a tinha levado a deixar a TVI, depois de um percurso de mais de dez anos em Queluz de Baixo. 

"Hoje termina o meu percurso na TVI. Foram praticamente 14 anos que aqui estive. Entrei estagiária. Cresci como jornalista. E passei por várias editorias da casa: digital, sociedade, apresentação. Fiz diretos, emissões especiais, tive o privilégio de ser enviada especial para diversos países onde acompanhei artistas nos mais cobiçados palcos mundiais. Partilhei histórias de pessoas incríveis que lutam por um mundo melhor. Arrepiei-me ao acompanhar momentos que certamente marcaram a história do país como a grande manifestações do 15 de Setembro de 2012 em frente ao FMI ou na Assembleia da República contra a Troika. Estive na final do Euro 2016 onde o meu sorriso não saía da cara à semelhança da alegria de tantos portugueses que viveram aquele momento vencedor em Paris e no mundo. Entrevistei a Natascha Kampusch que esteve sequestrada numa cave durante oito anos na Áustria. Médicos legistas que pediam por melhores condições de trabalho. Fui peregrina nas Jornadas Mundiais da Juventude em Madrid. Acompanhei os protestos dos indignados nas Puerta del Sol. Conheci Reis e Rainhas, Príncipes e Princesas. Viajei pelo país em Running Wonders... e tantas outras histórias, notícias, reportagens e grandes reportagens. Só tenho a agradecer esta etapa a todos os meus colegas com quem trabalhei e que permitiram que pudesse realizar este sonho de ser jornalista. Vou guardar comigo as melhores histórias e os vossos sorrisos. Muito OBRIGADA também a todos os "espectadores" e "seguidores" por terem estado desse lado! Até breve!", escreveu no último dia de fevereiro.



Além de ter trabalhado na TVI, Ana Filipa Nunes chegou a apresentar um magazine do ACP e foi formadora do Cenjor, agora é "jornalista" na "casa" de Cristina Ferreira.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Maria Santos 04.03.2019

A encostada Filipa Nunes não tem geito para o trabalho nem brilho para a TV, Um dia destes não há dinheiro para pagar a tantos vizinhos da CF. A casa da "Madama" mariquinhas vai à falência por falta de clientes,

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável