Notícia

Luto

Rita Pereira faz homenagem comovente a Angélico no 8.º aniversário do acidente que lhe tirou a vida

Todos os anos, a atriz assinala a data da tragédia nas redes sociais.
26 de junho de 2019 às 11:48
Rita Pereira chora morte de Angélico
Já se passaram 7 anos desde a morte de Angélico Vieira, 3 dias depois de um trágico acidente de automóvel
Apesar de nunca falar sobre o assunto, Rita Pereira assinala com uma mensagem subtil este dia trágico. A atriz publicou uma imagem de asas de anjo para marcar este 28 de junho
Rita Pereira e Angélico Vieira
Rita Pereira e Angélico Vieira apaixonaram-se nos bastidores da série juvenil 'Morangos com Açúcar'
Angélico Vieira: morreu aos 28 anos na sequência de um acidente de viação
O ator e cantor dos D'ZRT estava a caminho de Lisboa, onde ia apresentar o novo disco a solo e participar no espetáculo 'Morangomania', na praia de Santo Amaro de Oeiras
Na madrugada de dia 25 de junho de 2011, o antigo namorado de Rita Pereira perdeu o controlo do automóvel onde seguia, acompanhado dos amigos Hélio Filipe, Armanda Leite e Hugo Pinto
Rita Pereira e Angélico Vieira
Hélio teve morte imediata, Angélico ficou em coma 3 dias até ser declarada a morte cerebral, Armanda Leite ficou com mazelas irreversíveis e Hugo Pinto sofreu apenas ferimentos ligeiros
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira e Angélico Vieira
Rita Pereira
Rita Pereira e Angélico Vieira
Rita Pereira e Angélico Vieira
Letra de Angélico falsificada
Rita Pereira e Angélico Vieira
Rita Pereira e Angélico Vieira
Rita Pereira e Angélico Vieira
Rita Pereira e Angélico Vieira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira
Rita Pereira prestou homenagem ao ex-namorado, Angélico Vieira, no dia em que passam 8 anos que o cantor sofreu o acidente de viação que lhe viria a tirar a vida 3 dias mais tarde.

A atriz partilhou nas Instastories uma imagem de umas asas com o número 8:

...
A imagem partilhada por Rita Pereira
Em entrevista recente a Maria Cerqueira Gomes, Rita voltou a falar do ex-companheiro. "Foi quando o Angélico morreu que a minha cabeça mudou. Que eu comecei a perceber que não posso dar valor às coisas que escrevem sobre ti quando não são verdade", revelou.

Recorde-se que o acidente de Angélico aconteceu na madrugada de dia 25 de junho de 2011, na A1, em Estarreja. Angélico estava acompanhado dos amigos Hélio Filipe, Armanda Leite e Hugo Pinto.

A tragédia de Angélico
angélico vieira
O carro de Angélico após o acidente.
Filomena Vieira é condenada a pagar indemnização.
Milton Vieira, pai de Angélico, é condenada a pagar indemnização.
Rita Pereira e Angélico Vieira apaixonaram-se nos bastidores da série juvenil 'Morangos com Açúcar'
Armanda Leite, sobrevivente do acidente.
Angélico Vieira numa produção fotográfica.
Mãe de Angélico começa hoje a ser julgada pelo acidente
Angélico Vieira: morreu aos 28 anos na sequência de um acidente de viação
Hospital quer 43 mil euros dos pais de Angélico
angélico vieira
Angélico Vieira Carro
Filomena Vieira
Milton Vieira
Rita Pereira e Angélico Vieira
Armanda Leite
Angélico Vieira
Mãe de Angélico começa hoje a ser julgada pelo acidente
Letra de Angélico falsificada
Hospital quer 43 mil euros dos pais de Angélico
Hélio teve morte imediata, Angélico ficou em coma 3 dias até ser declarada a morte cerebral, Armanda Leite ficou com mazelas irreversíveis e Hugo Pinto sofreu apenas ferimentos ligeiros.

Em tribunal, ficou provado que a culpa fora de Angélico, que conduzia em excesso de velocidade. A sua mãe, Filomena Vieira foi condenada a pagar 1,5 milhões de euros a Armanda Leite.  No entanto, no ano passado, o Tribunal da Relação do Porto absolveu Filomena Vieira de pagar a indemnização.

A carregar o vídeo ...
O Tribunal condenou o stand Impocar e o Fundo de Garantia Automóvel a pagar 1,2 milhões de euros à antiga modelo, uma vez que ficou provado que o acidente foi causado pelo rebentamento de um pneu e não pelo excesso de velocidade em que Angélico conduzia, segundo o processo-crime.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;