Notícia

Atualidade

Rosa do Canto desabafa: "O melhor dia da minha vida foi quando o meu pai saiu de casa"

Rosa do Canto esteve no Alta Definição da SIC onde recordou a sua vida e a sua grande paixão, o ator Nicolau Breyner
13 de julho de 2019 às 15:02
Rosa do Canto revela passado difícil sem amor e com uma paixão secreta
Em lágrimas, Rosa do Canto, 66 anos, diz que nunca se sentiu amada pelos pais em criança e que o Nicolau Breyner foi a grande paixão da sua vida.
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto, de 66 anos de idade, reafirmou a história que tinha contado à TV Guia há praticamente um ano, sobre a sua relação com Nicolau Breyner.

"Ele foi o homem da minha vida", assumiu a atriz da SIC, recordando os 7 anos de namoro com o malogrado artista.

"Para mim foram 7 anos para ele foi muito menos, porque ele andava comigo e com outras. Mas foi um jogo que eu aceitei, ele tratava-me como uma rainha e eu gostava disso. Admirava-o imenso e a paixão nasceu aí, foi bom. Ele faz muita falta", recordou Rosa do Canto.

"O Nico escolhia muito bem as suas mulheres, eram bonitas. As que conheci eram todas maravilhosas e fantásticas, e eu fiz parte desse álbum", acrescentou.

Rosa do Canto assume romance secreto com Nicolau Breyner
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Rosa do Canto
Feliz na novela 'Golpe de Sorte', onde dá a vida a Amália Reis, curiosamente amante de um homem casado, Rosa do Canto fez uma viagem pela sua vida e revelou que não teve uma infância e adolescência fáceis, como quarta de cinco irmãos. 

"O melhor dia da minha vida foi quando o meu pai saiu de casa. Era um casamento infeliz com a minha mãe, cheio de discussões. Tenho pena de não ter sido amada em criança e um dia perguntei isso à minha mãe, se ela me amava. Não me lembro do meu pai alguma vez me ter dado um beijo. Talvez por isso nunca tive uma relação séria, não acredito no casamento, no amor para sempre. Mas sou uma pessoa doce, que gosta de gostar", disse Rosa do Canto em lágrimas.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável