Notícia

Casas Reais

Sem perdão! Infanta Cristina, irmã do rei Felipe VI, despedida da Caixa

A decisão do afastamento da filha de Juan Carlos foi tomada em dezembro, após reunião da direção da instituição bancária espanhola. O seu futuro pode passar agora por Lisboa.
28 de janeiro de 2020 às 13:58
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín: divórcio pode estar iminente
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina, Juan Carlos
Infanta Cristina, Juan Carlos
Infanta Cristina
Infanta Cristina
Infanta Cristina
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín
Infanta Cristina, Juan Carlos
Infanta Cristina, Juan Carlos
Infanta Cristina
Infanta Cristina
Infanta Cristina

A infanta Cristina, 54 anos de idade, mulher de Inãki Urdagarín – o ex-duque de Palma está preso desde dia 18 de junho de 2018, a cumprir sentença de cinco anos e 10 meses de prisão pelo seu envolvimento no caso Nóos –, foi despedida da instituição bancária La Caixa, onde trabalhava há 26 anos.

De acordo com a 'Vanitatis', a irmã mais nova do rei Felipe VI, de Espanha, passa a trabalhar apenas para a fundação Aga Khan, que tem sede em Lisboa. A decisão do afastamento da filha de Juan Carlos foi tomada a 12 de dezembro, após reunião da direção da instituição bancária espanhola. Nos próximos meses, a infanta Cristina abandona as suas responsabilidades na área internacional da Obra Social dessa entidade financeira. Fontes ligadas à Caixa já negaram a existência de qualquer acordo entre as partes.

A viver em Genebra, na Suíça, e afastada da família real desde que rebentou o escândalo Nóos, Cristina fica ainda mais distante do país natal com a saída de La Caixa. O trabalho obrigava-a a uma ou duas visitas por mês a Barcelona, por trabalho. Eventualmente, a infanta Cristina irá visitar mais vezes Lisboa, onde a Fundação Aga Khan tem uma das suas sedes. A longo prazo, os vínculos de Cristina a Espanha passarão a ser estritamente pessoais e familiares.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Emma Silva 06.03.2020

Quer encontrar uma garota por uma noite? Bem-vindo - GetMeets.Com

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;