Notícia

Atualidade

Sexo, paixão e relações: Judite fala sem pudores de tudo

Vamos falar sobre sexo? Judite Sousa aceitou o desafio e o resultado está aí. Com perguntas ousadas e respostas surpreendente. Venha daí e surpreenda-se...
02 de setembro de 2018 às 21:28
"O beijo é o ato mais significativo e importante na relação afectiva. É através do beijo que estão activos os sentidos e que se absorvem as energias numa só. Mas há diferentes formas de beijar, na intensidade, na sensualidade e na duração, podendo o beijo ser aperfeiçoado através da técnica e da experiência". A afirmação é de Maria do Céu Santo, médica ginecologista e especialista em Medicina Sexual e Medicina Anti-envelhecimento, e além disto co-autora, do livro ‘Não Me Olhes Com Esse Tom de Voz’. A sua parceira na escrita é... Judite Sousa que nesta obra abre o coração e fala sobre todos os assuntos ligados ao amor e à sexualidade sem preconceito. 

O livro chega às livrarias dia 21 de Setembro, avança esta semana a revista TV Guia. Ao longo de mais de 200 páginas, as duas autoras "conversam" sobre o relacionamento entre homens e mulheres e abordam vários temas relacionados com afectos e sexualidade. 

...

A obra está dividida em vários temas, mas, nas primeiras páginas, Judite explica o propósito da mesma. "Partilharmos as nossas conversas pode ser um contributo para a melhoria de vida e o bem-estar de muitas pessoas. Iremos viajar pelo mundo dos afectos e das relações, fazendo uma análise das suas dinâmicas, problemáticas e soluções práticas, partilhando conselhos que uma especialista está habilitada a dar", escreve. 

A carregar o vídeo ...

Paixão é um tema fulcral na obra. Como se sete e como é vivida. "Há um lado muito incompreensível na forma como, às vezes, nos interessamos por alguém. Como entender isso?", pergunta Judite à médica. "De facto, a paixão não tem nada de racional. Apaixonamo-nos e não sabemos porquê. Crê-se que, biologicamente, as feromonas nos conduzem a isso", responde Maria do Céu Santo. 


Mas há mais. Segundo Judite, "há uma fronteira, por vezes ténue, entre a entrega, a dedicação e a anulação. Numa relação, é muito importante saber manter a individualidade. Quando se vai viver com alguém, não devemos violar os nossos princípios e gostos, pois aquilo que não queremos não devemos fazer, assim como não devemos abdicar da nossa marca individual".

O uso de lingerie, o sexo na meia idade, o envelhecimento "a dois" são muitos outros temas abordados nesta obra que promete dar muito que falar mas, sobretudo, esclarecer muitas dúvidas que as mulheres (e alguns homens) não têm coragem de perguntar. 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável