Notícia

surpresa

Afinal, Meghan não tem só ascendência afro-americana. Conheça as origens maltesas da duquesa de Sussex

Foram divulgadas fotografias da visita de Meghan Markle a Malta, a ilha do Mediterrâneo onde nasceu a sua trisavó.
30 de novembro de 2018 às 10:13
Meghan Markle em Malta em 2015
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
Foram divulgadas imagens de uma produção fotográfica que Meghan Markle protagonizou para a revista 'Elle', durante uma viagem a Malta em 2015.

Na altura, a duquesa de Sussex – que só viria a conhecer o príncipe Harry no ano seguinte – explicou que visitou a ilha do Mediterrâneo para saber mais sobre as suas origens, revelando que a sua trisavó viveu em Malta no séc. XIX.

"Vir a Malta foi muito importante porque a minha trisavó viveu aqui, então tenho estado a tentar saber mais sobre a minha ascendência", começou por dizer, acrescentando: "Esta viagem foi principalmente para tentar compreender as minhas origens, a minha identidade. Há algo de muito bom em descobrir as peças do puzzle".

Meghan Markle: uma beleza exótica
meghan markle
Meghan com a mãe, Doria Radlan
meghan markle
meghan, harry
Meghan com a mãe, Doria Radlan
meghan markle
Meghan com a mãe, Doria Radlan
meghan markle
meghan markle
Meghan e Harry
meghan markle, príncipe harry
meghan markle
Meghan Markle passa a ser a primeira duquesa birracial da família real britânica
meghan markle
Meghan Markle
meghan, harry
Meghan Markle e Harry juntos nas ruas de Londres
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan, harry
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
Meghan e Harry
meghan markle, príncipe harry
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan markle
meghan, harry
harry, meghan markle
A californiana de ascendência afro-americana visitou Mdina, Valletta, Victoria e Dwejra, e disse que se sentiu verdadeiramente maltesa.

"Antes de vir, as pessoas diziam-me 'Quando fores a Malta, toda a gente vai ter a mesma aparência física do que tu', e eu comecei a pensar 'Meu Deus, realmente misturo-me bem aqui', e é um sentimento maravilhoso", explicou.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;