Notícia

Confissão

Brad Pitt revela finalmente os motivos da separação de Angelina Jolie

Pitt admite que sempre teve problemas com álcool e drogas e que só após separação de Jolie é que procurou ajuda.
Por Carina Andrade | 03 de maio de 2017 às 21:14

O casal sensação de Hollywood separou-se após 11 anos de relação e deixou o mundo perplexo. Muita tinta correu na imprensa sobre o que levou à ruptura. Brad Pitt, de 53 anos, falou agora pela primeira vez sobre o divórcio.

"Eu não queria o divórcio. A primeira vontade é lutar contra isso. Mas depois caímos no cliché: 'se amamos, abrimos mão, deixamos o outro livre'. Agora eu sei o que isso significa, passei por isso. Significa amar sem posse. Significa não esperar nada em retorno", admitiu na entrevista à revista 'GQ' americana. O ator confessa que o álcool estragou o que levou anos a construir: a família. "Eu bebia demais. Tornou-se um problema", disse.

Durante a entrevista, Brad contou que começou a fazer terapia, parou de beber e fumar erva após a separação. O mais difícil, disse, foi largar o álcool, algo que já o acompanhava desde os tempos de faculdade:"Não consigo lembrar-me de um dia, desde que eu saí da faculdade, que não tenha bebido ou fumado, ou algo assim", disse. "Estou muito, muito feliz de ter acabado com isso. Tinha parado com tudo, exceto a bebida, quando comecei a minha família".

O galã de Hollywood tem uma nova bebida de eleição e não tem nada a ver com whiskey ou vodca: sumo de amora e água gelada, são agora a sua preferência.

Preocupado com os filhos: Maddox, 15 anos, Pax, 13, Zahara, 12, Shiloh, 10, e os gémeos de oito anos, Vivian e Knox, Brad Pitt explicou que ele e Angelina Jolie estão a fazer o melhor que conseguem para que o divórcio não afete as crianças.

"Ouvi um advogado dizer: 'ninguém vence no tribunal, é só uma questão de quem se magoa mais'. E isso parece ser verdade. Você passa um ano focado em construir um caso que prova o seu ponto de vista, que tu estás certo, e outro lado errado. É um investimento com muito ódio. Recuso isso. E felizmente a minha antiga companheira concorda. É muito, muito desgastante para as crianças", rematou.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Anónimo 05.05.2017

Este artigo está em português do Brasil. Nada contra, mas como estamos em Portugal, e a Flash é uma publicação portuguesa, os jornalistas portugueses podiam dar-se ao trabalho de adaptar as notícias estrangeiras para o português europeu. A nossa Língua é um dos nossos tesouros. Defendam-na.

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável