Notícia

Polémica

Caiu a máscara! Regina Duarte elogia ditadura no Brasil e tem "chilique" por causa da rival Maitê Proença

Regina Duarte não gostou de ser confrontada com a opinião da colega de profissão, que considera que o setor artístico no Brasil não está a ser devidamente apoiado em tempo de pandemia.
08 de maio de 2020 às 10:55
A carregar o vídeo ...
Regina Duarte, atual Secretária da Cultura do governo de Jair Bolsonaro, protagonizou novo momento polémico esta quinta-feira que já se tornou viral nas redes sociais.

A ex-atriz, de 73 anos, estava a ser entrevistada pela CNN Brasil, quando foi confrontada com um vídeo de Maitê Proença, em que a atriz critica a gestão da crise por parte do governo brasileiro e, dirigindo-se diretamente a Regina Duarte, faz um apelo para que a classe artística tenha mais apoios em tempo de pandemia.

"Fale com a sua classe, Regina", pediu a atriz.

Regina Duarte ficou visivelmente irritada com a intervenção de Maitê Proença e abandonou a entrevista. Os jornalistas da CNN recordaram que, numa democracia, Regina Duarte pode discordar ou concordar com a pergunta, mas nunca restringi-la.

"Vocês estão desenterrando mortos, estão carregando um cemitério nas costas. Vocês devem estar cansados. Fiquem leves, bola para a frente", disse, dirigindo-se aos apresentadores, antes de a entrevista acabar. "Não foi combinado nada disto", lamenta Regina Duarte.

A imagem da atriz, uma das mais reconhecidas das novelas no Brasil, está a ficar completamente manchada quer no país quer além fronteiras, não só por ter acedido a fazer parte do governo de Bolsonaro mas pelas posições públicas que tem feito.

"Na humanidade, não para de morrer [gente]. Se você falar [sobre a] vida, de um lado tem morte. Porque é que as pessoas ainda ficam óóó [chocadas]? Estaline, quantas mortes? Hitler, quantas mortes?", afirmou durante esta entrevista que se tornou viral. "Não era bom quando a gente cantava isto?", perguntou, aludindo aos tempos da ditatura militar que provocou muitas mortes no Brasil. 

"Se você falar da vida, do lado tem a morte. Sempre houve tortura, censura. Sou leve, estou viva. Estamos vivos, vamos ficar vivos? Não vive quem fica arrastando cordéis de caixões", acrescentou.


Veja o vídeo polémico, em cima.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
All Mao Há 3 semanas

Infelizmente não é só no Brasil que os valores básicos estão trocados ou truncado. A economia é para a humanidade e com a humanidade nunca contra ela.. Não pode vir primeiro na ordem de prioridades. Imagine-se. que todos os paizes se negam a importar produtos do Brasil por não serem sanitáriamente seguros.

Emma Silva Há 4 semanas

Olá pessoal, venham aqui se encontrar para fazer sexo - GetMeets.Com

Emma Silva Há 4 semanas

Olá pessoal, venham aqui se encontrar para fazer sexo - GetMeets.Com

Anónimo Há 4 semanas

essa que andou por ca a cuspir agora que se lamba

ver mais comentários

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;