Notícia

surpresa

Cantor de 'Despacito' vítima de discriminação e bullying

Luis Fonsi tinha 11 anos quando emigrou do Porto Rico para a Flórida.
26 de janeiro de 2019 às 11:59
Numa altura em que se prepara para lançar o seu novo álbum, 'Vida', Luis Fonsi, a voz de 'Despacito' – um dos maiores fenómenos de popularidade dos últimos anos – recordou a época em que emigrou com a família do Porto Rico para a Flórida. Tinha apenas 11 anos.

Em entrevista ao 'El Mundo', Fonsi, de 40 anos, contou que sofreu de "discriminação e depressão" nos primeiros anos de adaptação e que foi uma altura da sua vida que "quer esquecer".

"Os primeiros 2 anos foram horríveis. Deixei de estudar música, puseram-me numa aula isolada para meninos que não falavam inglês", afirmou.

Já em setembro do ano passado, Fonsi dissera que tinha sido vítima de racismo na sua juventude nos EUA.

"Com 11 anos, recém-chegado na Flórida, sofri um 'bullying' terrível por causa do meu sotaque. Aos 13 anos, quando comecei a sair com a minha primeira namorada, a sua mãe viu uma foto minha e achou que eu era demasiado moreno. Por isso proibiu-a de de ver-me", revelou à revista 'Icon', do 'El Pais'.

Fonsi prepara-se para lançar o seu novo álbum, 'Vida', nos próximos dias. Vai ser o 10.º trabalho discográfico da sua carreira.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável