Notícia

Tragédia

Demi Lovato inspira-se em Amy Winehouse e agora está entre a vida e morte

“Queria ser magra como ela, cantar como ela, ser como ela”, disse a Demi Lovato sobre a cantora britânica que morreu há 7 anos na sequência de uma 'overdose'. A mesma situação que atirou a antiga estrela da Disney para os cuidados intensivos onde luta, agora, pela vida.
31 de julho de 2018 às 16:21

'Simply Complicated' é um documentário cru sobre Demi Lovato, de 25 anos, e no qual a cantora norte-americana, que se mantém internada na sequência de uma overdose que quase lhe roubou a vida, expõe claramente muitos dos seus dramas pessoais e em que confessa ainda a atração que sempre sentiu pela carreira e vida Amy Winehouse, que sucumbiu aos 27 anos. Admite que a cantora britânica lhe serviu como um modelo a seguir.

De facto o parelelismo entre as duas estrelas acaba por ser fácil de fazer. Demi Lovato, tal como Amy Winehouse, tem um talento imenso mas um atração clara pelo abismo. Os anos de juventude foram marcados pelos vícios e nem os vários tratamentos de desintoxicação têm surtido efeito. Também Amy viveu o mesmo calvário. 

Demi consumiu cocaína pela primeira vez aos 17 anos, numa altura em que era uma estrela juvenil e trabalhava no Disney Channel. "Tive medo, porque a minha mãe sempre me disse que o coração podia explodir, mas tomei na mesma e adorei. Sentia-me fora de controlo", relembra no referido documentário. 

"O meu pai era toxicodependente e alcoólico e acho que sempre tentei perceber o que ele encontrava nas drogas e no álcool, porque ele trocou a família por isso", esclareceu ainda. Foram as drogas que lhe serviram de refúgio para aguentar a pressão da fama. Tal como aconteceu com Amy Winehouse. 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável