'

Notícia

Surpresa

Inesperado! Mulher de Sean Connery revela que ator sofria de demência que lhe alterou a personalidade

Apesar da doença, o ator "morreu em paz". Foi assim que Micheline Roquebrune revelou as últimas horas do eterno 'James Bond'.
01 de novembro de 2020 às 18:22
Recorde Sean Connery, o eterno 007
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
sean connery
O morte de Sean Connery, ontem, 31 de outubro, apanhou o mundo de surpresa. Mas este domingo, já o jornal britânico 'The Mail on Sunday', trazia as declarações da mulher do ator escocês sobre as últimas horas de vida.

Micheline Roquebrune revelou que o marido, que morreu aos 90 anos, sofria de demência e que a doença teve "efeitos muito negativos" na personalidade de Sean Connery.

"Pelo menos morreu enquanto dormia e foi tranquilo. Estive sempre com ele. Simplesmente apagou-se... tal como ele queria", declarou a pintora francesa que casou com o ator escocês em segunda núpcias em 1975. 

E acrescentou: "Era uma pessoa magnífica e tivemos uma vida maravilhosa". Micheline disse ainda que "vai ser muito difícil viver sem ele. Mas não poderia viver eternamente e foi-se em paz".

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever