Notícia

Solidariedade

Isabel II reconforta crianças e adolescentes vítimas do atentado de Manchester

A monarca falou com três meninas e com as suas famílias no Royal Manchester Children's Hospital. "É terrível. Muito perverso", disse a rainha de Inglaterra.
25 de maio de 2017 às 16:28
Rainha Isabel II visita vítimas do atentado
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
isabel ii
Isabel II deslocou-se ao Royal Manchester Children's Hospital esta quinta-feira, dia 25, para conhecer algumas das mais jovens vítimas do atentado terrorista de segunda-feira, em Manchester.

A rainha de Inglaterra começou por cumprimentar e elogiar o trabalho do staff do hospital, e depois dirigiu-se aos quartos de três jovens vítimas do ataque: Millie Robson, de 15 anos de idade, Evie Mills, de 14, e Amy Barlow, de 12.

Isabel II ofereceu palavras de conforto às vítimas. "É terrível. Muito perverso", lamentou a monarca, de 91 anos de idade, em conversa com uma das meninas.

Continuam internadas naquele hospital 14 crianças, incluindo 5 que ainda estão em estado crítico. Ao todo, 22 pessoas perderam a vida. A vítima mais nova, Saffie Roussos, tinha 8 anos.

A carregar o vídeo ...
O ataque terrorista, perpetrado por um membro do Daesh nascido no Reino Unido, não só foi o mais mortífero naquele país desde os atentados de 2005, como foi o primeiro a focar-se num grupo de jovens, já que o bombista suicida fez-se explodir à porta de um concerto de Ariana Grande, uma cantora pop com um público-alvo maioritariamente composto por crianças e adolescentes.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;