Notícia

Polémica

Que coisa feia! Sarah Jessica Parker acusada de ficar com jóias emprestadas no valor de 124 mil euros

A atriz da série de culto 'O Sexo e a Cidade' terá de ir a tribunal por alegadamente ter ficado com jóias que não eram suas. A acusação é feita pela joalharia que contratou Sarah. O litígio já tem dois anos.
14 de setembro de 2018 às 13:08
De que lado está a razão? É o que se pretende apurar em tribunal no processo que opõe Kat Florence Design e Sarah Jessica Parker. Os primeiros acusam a atriz de ter ficado na posse de jóias no valor de 120 mil euros e há dois anos que aguardam a sua restituição. 

Segundo a versão da joalharia, as jóias terão sido emprestadas à atriz após uma sessão fotográfica e que esta se terá compremetido a devolvê-las ao cabo de apenas dois meses. O que parece nunca ter acontecido.

O advogado que representa a empresa diz que está disposto a chegar a um acordo. Acordo esse que passa pelo pagamento das jóias na sua totalidade, ou seja, 124 mil euros. 

Já a advogada da atriz, Ira Schreck, veio a público refutar as acusações: "Sarah Jessica Parker mantinha um contrato com a Kat Florence Design e ficou acordado que ficaria com as jóias para as usar nas mais variadas passadeiras vermelhas e outros eventos que considerasse adequedos. Sarah é uma pessoa honesta e confiável. Nunca ficaria com nada que não lhe pertencesse. Quis devolver as peças em causa quando lhe deixaram de pagar, mas a joalharia nunca pareceu muito interessada em resolver o assunto".

Agora, discute-se o incumprimento de contrato com acusações mútuas. Ao que parece, o caso avançará mesmo para tribunal. 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável