Notícia

Doença

10 celebridades nacionais e internacionais que lutaram contra o cancro na mama

O diagnóstico de cancro da mama não pára de aumentar. No entanto, os dados da OMS revelam que a taxa de sobrevivência à doença é superior a 90%. Bárbara Guimarães é mais recente vítima deste flagelo.
17 de agosto de 2018 às 19:58
A notícia de que Barbara Guimarães está a enfrentar uma luta contra o cancro da mama apanhou tudo e todos de surpresa.

A apresentadora, de 45 anos de idade, revelou a doença através das redes sociais. Pedindo respeito e privacidade, a estrela da SIC anunciou que já foi operada e que vai iniciar agora os tratamentos médicos.

Tal como a ex-companheira de Manuel Maria Carillho, outras famosas viram a vida trocar-lhes a volta de um momento para o outro.

Um dos casos mais mediáticos foi o de Fernanda Serrano. Em fevereiro de 2008, a atriz tornou pública a sua batalha contra o cancro da mama. Ainda durante os tratamentos descobriu que estava grávida de Maria Luísa, hoje com 9 anos de idade.

Hoje, a estrela da TVI continua a fazer rastreios regulares, apesar de estar curada.

Sofia Ribeiro também impressionou o País. O comunicado em que anunciou a doença emocionou tudo e todos. A atriz foi obrigada a interromper a participação na novela ‘Santa Bárbara’, da TVI, para se focar por completo na sua recuperação.

Venceu a doença e lançou, há cerca de um mês, o livro ‘Confia’, onde relata a sua experiência.

Porém, o flagelo do cancro da mama parece continuar.

Os casos de Joana Sousa Cardoso, Carla Andrino, Rebeca e Nucha também sensibilizaram os portugueses.

Simone de Oliveira e Manuela Maria também enfrentaram uma luta batalha contra a doença. A intérprete da ‘Desfolhada’ venceu por duas vezes o cancro da mama. Ambas mantêm uma vida profissional ativa.

No plano internacional também foram várias as celebridades que relataram as suas experiências após vencerem o cancro da mama.

Kylie Minogue recebeu o diagnóstico da doença, em 2005, o que a obrigou a afastar-se dos palcos. Totalmente recuperada, a cantora australiana continua a fazer furor por onde passa.

O caso da cantora Anastacia é dos mais impressionantes. A vida pregou-lhe a mesma partida em duas ocasiões. Em 2003 a artista anunciava a luta contra doença, mas estava longe de imaginar que dez anos depois voltaria a passar pelo mesmo processo.

Os dados estáticos mundiais em relação à doença revelam uma taxa de sobrevivência superior a 90%, no entanto, de ano para o ano os casos de diagnóstico tem vindo a aumentar continuamente.

O cancro do pulmão continua a ser o mais mortífero.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável