Notícia

Coronavírus

A mensagem emotiva de Tânia Ribas de Oliveira: "Não te vou visitar porque te amo"

A apresentadora da RTP está a emocionar os seus seguidores com a bonita declaração que fez à avó.
04 de abril de 2020 às 12:32
Tânia Ribas de Oliveira emocionada com doença da avó
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Embore continue a apresentar 'A Nossa Tarde'  de segunda a sexta-feira na RTP1, Tânia Ribas de Oliveira é muiro rigorosa quanto ao isolamento social.

Apesar das muitas saudades que sente da família, a apresentadora mostra-se irredutível em contactar de perto com aqueles que mais ama. Só esta semana, foi ver a mãe e o padrasto à janela. Diga-se que esse episódio aconteceu depois de se ter emocianado ao ouvir a voz da mãe em direto, no programa.

Agora, na sua conta de Instagram, Tânia Ribas de Oliveira deixou uma declaração de amor muito emotiva que está a suscitar muitos elogios por parte dos seus seguidores.


"A minha Avózinha. Diz que está triste, mas que entende. Tantas saudades, ainda mais agora. A mensagem de sempre: não te vou visitar porque te amo. Amo-te demais e em cada distância te agradeço todas as presenças, todas as vezes em que não nos falhaste por Amor", começou por escrever.

Tânia Ribas de Oliveira estreia-se a solo nas tardes da RTP
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Tânia Ribas de Oliveira
Para concluir: "Estamos juntas, avozinha: nas memórias dos piqueniques e das manhãs de praia. Amar, hoje em dia, é não estar presencialmente mas estar, sempre, à distância da memória que não morre".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;