'

Notícia

Big Brother

Acusações de violência, lágrimas e pressão mental. Tudo o que está a passar no 'Big Brother'

Concorrentes estão fartos de acusar pressão e lutam para manter a saúde mental.
14 de março de 2021 às 21:32
A carregar o vídeo ...
A tensão está ao máximo na reta final do 'Big Brother - Duplo Impacto'. A gala deste sábado, 13, foi mais um exemplo das acusações que estão em jogo na casa da Ericeira: Violência física e pressão sobre a saúde mental, principalmente com o ex-casal Bruno Savate e Joana, mas as polémicas começam a afetar todos os concorrentes. 

Depois das imagens em que Joana alega ter pensado que Savate estava mais agressivo, o primeiro finalista do 'BB' passou a agir com cautela e agora pede testemunhas para conversar com a ex-namorada.

"Tenho medo de tocar na Joana e ela me acusar de assédio sexual. Neste momento para falar da Joana preciso de uma testemunha. Ela mete uma pessoa na prisão", disse Savate este sábado. Mas no dia anterior já tinha feito outros comentários no mesmo sentido.

...
A acusação de Joana
Queres falar comigo, falas aqui. Está aqui a Noélia [Pereira], está aqui toda a gente, estão aqui microfones e tudo. Prefiro ter testemunhas", disse o nortenho.

Saúde mental

Joana disse este domingo, 14, pela manhã que o tempo dentro do 'reality show' está a ter consequências fortes na sua saúde mental. 

"A gala não foi fácil para mim, porque já estou aqui há muito tempo. Entrei num programa, passei 12 semanas, entrei neste programa, já passamos a marca das 10 semanas, e está a ser complicado para mim lidar com tudo o que isto implica, e por isso tive aquela reação na gala", comentou sobre a crise de choro.

Esta pressão foi também o que levou Gonçalo Quinaz a desistir a poucas semanas da final. "Foi o reality show que mais me custou", afirmou o ex-jogador no 'Dois às 10'. "A minha sanidade mental está em primeiro lugar", continuou, argumentando que não estava preparado para o prolongamento do 'reality show'.

A pressão também já chegou aos bastidores. De acordo com a 'TV Guia', Cláudio Ramos estará farto desta edição do programa. O apresentador é neste momento obrigado a defender um formato que em nada tem que ver com o registo que criou no 'BB2020' e que foge ao que defende neste modelo de programa.

"São duas formas diferentes de trabalhar. O Cláudio sempre fez o programa de improviso e agora tem de seguir a linha da Teresa", revelou uma fonte da produção. "A Teresa continua a ler o teleponto... O Cláudio tenta dar alguma espontaneidade ao texto, mas também não pode fugir muito."

O 'Big Brother - Duplo Impacto' ainda tem mais duas semanas de emissão.

A carregar o vídeo ...

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever