Notícia

Escândalo BES

Adeus milhões! Ricardo Salgado absolvido em processo de Teresa Guilherme

Tribunal Cível de Lisboa absolveu o antigo banqueiro por falta de provas. Apresentadora em risco de perder 2,35 milhões de euros.
25 de setembro de 2019 às 10:13
Teresa Guilherme diz como é ficar sem mais de dois milhões de euros: "Um pontapé"
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme
Teresa Guilherme

Teresa Guilherme, 64 anos de idade, interpôs processo cível contra Ricardo Salgado – o antigo banqueiro a quem chamavam "O Dono Disto Tudo" – e a quem herdou o extinto BES, para recuperar os milhões que perdeu no escândalo BES.

A apresentadora foi uma das muitas pessoas lesadas pelo antigo banco. Teresa perdeu, com a queda do BES, em 2014, 2,35 milhões de euros, quase todas as suas poupanças, que tinham sido aplicadas em produtos obrigacionistas do falido banco, papel comercial que, de um dia para o outro, deixou de ter qualquer valor. "Fiz o que tinha de fazer. Quero que se faça justiça", justificou Teresa Guilherme sobre o processo em tribunal.

A carregar o vídeo ...

A sentença do Tribunal Cível tem data de 12 de setembro. Ricardo Salgado foi absolvido, por falta de provas, na ação cível que Teresa Guilherme interpôs contra si, enquanto antigo líder do BES e do Grupo Espírito Santo (GES), em 2016.

A apresentadora ainda pode recorrer da sentença mais ainda não decidiu se continua com o processo. Teresa Guilherme corre sérios riscos de perder 2,35 milhões de euros, as poupanças de uma vida profissional ligada à televisão. 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Jota Monteiro Há 3 semanas

Olha falta de provas, já viste bem?

Anónimo Há 3 semanas

Em Portugal nunca existem culpados foi um fantasma que trabalhava no banco e puf.
Eles conseguem prender so os gajos que roubam latas de conserva , só porque dão má fama aos ladrões.
Como a justiça em Portugal é tão ridícula.

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável