Notícia

Nacional

Ainda a polémica com Joana Latino: Agir escreve carta aberta à jornalista e não é nada meigo

O músico, filho do cantor Paulo de Carvalho e da atriz Helena Isabel, decidiu tornar pública a sua indignação para com as palavras da jornalista da SIC.
20 de maio de 2020 às 17:36
Joana Latino envolvida em reportagens que obrigam SIC a pedir desculpas
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
joana latino
Joana Latino foi surpreendido nesta quarta-feira ao ver o seu nome envolvido no reality show da TVI
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
joana latino
Joana Latino

As declarações de Joana Latino deixaram o País em polvorosa, em particular o meio artístico. Vários artistas já repudiaram as palavras da jornalista da SIC e comentadora do 'Passadeira Vermelha'. O músico Agir decidiu tornar pública a sua indignação através de uma "carta aberta a Joana Latino".

Em causa estão as duras críticas que esta fez a artistas portugueses, enquanto comentava o fim da iniciativa de sucesso de Bruno Nogueira no Instagram, 'Como é que o Bicho Mexe', durante a emissão de segunda-feira do 'Passadeira Vermelha'.

"Querida Joana. Fiquei um pouco preocupado com o seu comentário de há dias onde, na sua opinião, a grande maioria da classe artística terá sido mordida pela mosca tsé-tsé e andará apenas induzida num coma de inércia. Esta preocupação vem de alguém que, regra geral, acha que o que se deve fazer é arregaçar as mangas e ir à luta", começa por escrever o cantor. 

"Mas, ainda assim, quando referiu e bem, o exemplo de pró-actividade de Bruno Nogueira e de todo o seu 'gang' de amigos, conhecidos e desconhecidos, disse também e passo a citá-la: 'Os artistas em vez de fazerem discursos miserabilistas e catastrofistas de auto-comiseração deviam mexer-se… e olhar para este exemplo'", refere o músico, filho do cantor Paulo de Carvalho e da atriz Helena Isabel.

Ver esta publicação no Instagram

Carta aberta a Joana Latino Querida Joana. Fiquei um pouco preocupado com o seu comentário de há dias onde, na sua opinião, a grande maioria da classe artística terá sido mordida pela mosca tsé-tsé e andará apenas induzida num coma de inércia. Esta preocupação vem de alguém que, regra geral, acha que o que se deve fazer é arregaçar as mangas e ir à luta. Mas ainda assim, quando referiu e bem, o exemplo de pró-actividade de Bruno Nogueira e de todo o seu "gang" de amigos, conhecidos e desconhecidos, disse também e passo a citá-la: "Os artistas em vez de fazerem discursos miserabilistas e catastrofistas de auto-comiseração deviam mexer-se... e olhar para este exemplo". Pois bem, parece-me uma total falta de respeito e de noção até, achar que todos artistas se encontram em pé de igualdade com o inquestionavelmente talentoso Bruno Nogueira e que a única coisa que os separa é a falta de força de vontade e criatividade para não reclamarem tanto e fazerem-se à vida. Não é de todo intelectualmente séria tal conclusão. As pessoas tendem a achar que os artistas são estes seres privilegiados que enchem salas e recintos todos os dias e onde possivelmente eu também me incluo. Mas não, artistas são também e principalmente os grupos de teatro amador, as companhias de bailado, coreógrafos, pintores, artistas plásticos, escritores, argumentistas, guionistas, encenadores, realizadores, agentes, promotores, músicos, técnicos de som, de luz, roadies, câmeras, perchistas, produtores, maquilhadores, cabeleireiros, figurinistas, enfim a lista não acaba. A maioria das pessoas não faz ideia, mas a Joana, como jornalista que é, tem a responsabilidade acrescida de saber as dificuldades que este sector está e virá a passar. Acho que caiu-lhe muito mal, perante uma situação tão inesperada como esta e que economicamente falando ainda mal começou, opinar: Façam mais e falem menos. Espero vê-la com mais sensatez no discurso daqui para a frente. Os artistas (todos) agradecem.

Uma publicação partilhada por agirofficial (@agirofficial) a

Para Agir, é "uma total falta de respeito, e de noção até, achar que todos artistas se encontram em pé de igualdade com o inquestionavelmente talentoso Bruno Nogueira e que a única coisa que os separa é a falta de força de vontade e criatividade para não reclamarem tanto e fazerem-se à vida". "Não é de todo intelectualmente séria tal conclusão", critica.

"As pessoas tendem a achar que os artistas são estes seres privilegiados que enchem salas e recintos todos os dias (...). Mas não, artistas são também e principalmente os grupos de teatro amador, as companhias de bailado, coreógrafos, pintores, artistas plásticos, escritores, argumentistas, guionistas, encenadores, realizadores, agentes, promotores, músicos, técnicos de som, de luz, roadies, câmaras, perchistas, produtores, maquilhadores, cabeleireiros, figurinistas, enfim, a lista não acaba", recorda.

As críticas a Joana Latino são duras: "A maioria das pessoas não faz ideia, mas a Joana, como jornalista que é, tem a responsabilidade acrescida de saber as dificuldades que este sector está e virá a passar. Acho que lhe caiu muito mal, perante uma situação tão inesperada como esta e que economicamente falando ainda mal começou, opinar: Façam mais e falem menos." 

"Espero vê-la com mais sensatez no discurso daqui para a frente. Os artistas (todos) agradecem", conclui Agir.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Charlotte Paton Há 1 semana

Melhor meio período trabalhando on-line em casa. Recebi um salário de US $ 26538 no meu último mês por trabalho on-line facilmente em casa. eu sou um estudante e trabalho a tempo parcial em casa e gera mais renda. Trabalho diariamente com facilidade de 3 a 4 horas por dia no meu tempo livre. se você também quiser ganhar esse tipo de dinheiro, venha fazer parte de nós.

Veja mais aqui ........ >>>>>>>>>      W­w­w­.­D­o­u­c­a­s­h­.­C­o­m

mfoley36 Há 1 semana

Qual a razão de insistirem em dizer que o "monstro" está em estado grave?? Não está, infelizmente, nem nunca esteve. Foi cosido no hospital e saiu ao fim de 2 horas.
Mas, como já aqui referi várias vezes, a credibilidade da FLASH é zero.

Lidia maria Há 1 semana

este programa é muito mau , nem pensei que esta senhora era jornalista mas enfim há os bons e os péssimos o bom é que quase ninguém vê o programa

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;