Notícia

Polémica

Ana Rita Clara continua guerra com marido pelo filho. Polícia já foi acionada

A batalha judicial pela regulamentação parental dura há mais de um ano. O dentista acusa a apresentadora de não o deixar ver o filho. Um polémica que envolve polícia e tudo.
25 de setembro de 2019 às 12:17
Ana Rita Clara mostra festa dos 2 anos do filho Caetano
Mantém-se o drama na vida pessoal de Ana Rita Clara, 40 anos de idade. Cerca de um mês depois de se ter separado de Hugo Madeira, em março de 2018, a apresentadora da SIC Mulher viu-se no tribunal a lutar pela custódia do filho de ambos, Caetano, que tem agora 3 anos de idade (22 setembro).

Foi o dentista que moveu o processo de regulamentação das responsabilidades parentais, por considerar insuficiente ver o bebé somente em fins de semana alternados.

Uma guerra que teve início após a separação do casal, que sempre aparentou ter uma vida perfeita através das muitas imagens que foi partilhando nas redes sociais ao longo dos anos que esteve junto. O casamento aconteceu em 2014, na paradisíaca ilha de Formentera, nas Baleares, Espanha, e durou cerca de três anos e meio.

Ana Rita Clara e Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara e Hugo Madeira
A última fotografia partilhada por Ana Rita Clara com Hugo Madeira, a 26 de dezembro de 2017
Hugo Madeira e Ana Rita Clara
Ana Rita Clara e Hugo Madeira
Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
Ana Rita Clara, Hugo Madeira
hugo madeira, ana rita clara
Hugo Madeira e Ana Rita Clara
Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O casamento e lua de mel de Ana Rita Clara e Hugo Madeira
O processo em tribunal já se arrasta há mais de um ano e parece que vai continuar a arrastar-se. Na semana passada, o casal tinha nova audiência no Tribunal de Família e Menores, em Lisboa. O ainda marido, Hugo Madeira, compareceu acompanhado dos advogados, Rui alves Pereira e Madalena Spúlveda, mas a apresentadora não compareceu nem se fez representar pela advogada.

De acordo com a Nova Gente, esta coferência tinha como objetivo definir as visitas do pai ao pequeno Caetano, porque "têm havido múltiplas desculpas e escusas por parte da mãe que têm impedido o Hugo" de estar com o filho. Segundo a mesma fonte, "o Tribunal foi obrigado a recorrer à polícia, de forma a assegurar que o pai pudesse ver a criança, havendo, portanto, uma ordem judicial para que tais visitas sejam asseguradas".  

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Indiana Arek 26.09.2019

O Google agora paga de US $ 6285 a US $ 7392 por semana pelo trabalho on-line em casa. Eu entrei neste trabalho há dois meses e ganhei $ 6457 na primeira semana deste acordo. Este trabalho é realmente incrível e me dá uma grande parcela da renda tod0ss os dias. Tenho certeza que você obterá o melhor resultado.



Leia tudo sobre isso aqui ..... >>>>>>> w­w­w­.W­o­r­k­L­i­n­k­s­3.­C­o­m

Joel Ribeiro 25.09.2019

Que texto tão asqueroso. Este jornalista saiu de que buraco?!? Visitas do Pai? Por acaso Pai (ou mãe) é visita do próprio filho? Custódia?!? Um termo já não usado... é regulação das responsabilidades parentais. Drama na vida da mãe? E do pai, não? Afinal é ele que está sem ver o filho. Inacreditável como em século XXI ainda se escrevem textos ridículos como este.

Maria José Gomes 25.09.2019

Parece que quando um casal hoje em dia toma a decisão de se separarem,que os filhos automaticamente,ficou órgãos de pai! Não estamos a viver num mundo de gente civilizada, mas sim pior que os animais irracionais, eu sei que a mulheres hoje em dia já tem todos os direitos e mais alguns, contudo acho que se está constantemente a menosprezar o lado paterno e também os seus direitos de progenitor, só estão a impor as obrigações, nomeadamente a parte monetária. De resto o não serve para mais nada

Glória Vieira Vieira 25.09.2019

Mais uma anormal a usar o filho como se fosse uma propriedade. O filho não é propriedade de ninguém e tem o direito de ter pai e mãe presentes na sua vida.

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;