Notícia

Drama

António Pedro Cerdeira chora morte da mãe

Sofrimento do ator de 'Nazaré' leva-o a ligar quase todos os dias para o telemóvel de Dinora Manuel, cujo número recusa apagar da lista.
15 de fevereiro de 2020 às 16:51
António Pedro Cerdeira fala com saudades do filho mais novo
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira  com os filhos, Lourenço e Afonso, atualmente com 16 e 13 anos
António Pedro Cerdeira  com os filhos, Lourenço e Afonso, atualmente com 16 e 13 anos
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira
António Pedro Cerdeira, de 49 anos de idade, ainda chora a morte da mãe, Dinora Manuel, desaparecida no final de 2019. Numa grande entrevista à 'TV Guia' desta semana, o ator abriu finalmente o coração para falar sobre este drama que o atormenta todos os dias. "Soube que a minha mãe ia morrer no primeiro dia de gravações de 'Nazaré'. Tinha ido ao hospital, na altura, e ela já estava isolada. Foi um processo doloroso... Decidi trazê-la para casa, para morrer com quem gostava de estar."

O drama de António Pedro Cerdeira mistura-se com o sucesso da novela da SIC. "Soube da morte da minha mãe e ainda gravei uma cena de 'Nazaré'. Foi muito duro, porque era um pilar na minha vida! Era a minha maior fã", conta o ator emocionado à 'TV Guia', sem esconder que continua de luto. "Há coisas que mentalmente ainda não arrumei e sobre as quais penso com frequência. Sim, penso nela todos os dias. Aliás, ainda pego no telemóvel para lhe ligar. Não apaguei o seu número, por exemplo."

Já não há amizades assim! O carinho de António Pedro Cerdeira por Fernanda Serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
antonio pedro cerdeira, fernanda serrano
Terríveis estes últimos tempos, o ator de 'Nazaré' está grato a vários amigos pelo apoio, mas há uns que jamais irá esquecer: o dos filhos. Lourenço e Afonso. "Tinham muita ligação à minha mãe, especialmente o mais velho, o Lourenço. Foram eles que me deram mais força! Portaram-se ambos extraordinariamente e deram-me carinho", confessa António Pedro Cerdeira, hoje com bigode, por causa da série de Moita Flores para a RTP1, batizada 'O Atentado'.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Emma Silva 21.02.2020

As garotas mais quentes esperando por você para -- GetMeets.Com

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;