Notícia

Drama

Aos 88 anos, Eunice Muñoz tem de trabalhar para sobreviver

Aos 88 anos e já sem conseguir decorar os textos, a maior atriz portuguesa confessa que continua a trabalhar por necessidades financeiras. "Temos uma reforma tão pequena que somos obrigados a trabalhar".
Por Isabel Laranjo | Carolina Pinto Ferreira | 06 de abril de 2017 às 14:45
Eunice Muñoz continua a aguentar o ritmo das telenovelas. Neste momento, dá vida a Pureza, em 'A Impostora', da TVI. Admite que não gosta de se ver na televisão e que o que mais ama é o palco. Só que as necessidades financeiras ditam o que faz. "Temos uma reforma tão pequena que somos obrigados a trabalhar", revela, em entrevista exclusiva à revista 'TV Guia'.

A atriz nem sequer quer revelar qual o valor que recebe, ao fim de 75 anos no ativo. "Nem digo qual é a minha reforma! Não quero ter esse sentimento tão pequeno e mesquinho".

PROMESSA POR CUMPRIR
Eunice Muñoz revela, ainda, uma promessa feita e não cumprida, tanto a ela como a Ruy de Carvalho, de 90 anos de idade. "Foi-nos prometido que continuaríamos a ter o nosso ordenado do Teatro D. Maria, para dar uma ajuda à reforma. Isso ficou só num projeto. Aliás, está escrito", lamenta.

Eunice Muñoz, que foi sujeita uma delicada a cirurgia ao coração e superou um cancro na tiróide, já não consegue, sequer, decorar os textos. "Quem me lê os textos é a minha neta. Ela já sabe os meus tempos", conta a atriz, na mesma entrevista, explicando que ouve a neta através de auriculares e depois replica o texto.

Leia toda a entrevista exclusiva, na edição da TV Guia nesta sexta-feira, dia 7.

Veja uma das homenagens a Eunice Muñoz.

A carregar o vídeo ...



Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Anónimo Há 1 semana

e lamentavel , mas ainda tem a sorte de ter um trabalho limpo nao tem k fazer limpezas ou trabalhar e cozinhas ja n e mau pk com 88 anos ha kem tenha k trabalhar a serio!!

Anónimo Há 1 semana

Lamento imenso a situação de Eunice Muñoz mas.... não é a reforma correspondente aos "descontos" ou melhor às contribuições feitas e anos de duração das mesmas para a Segurança Social?

Anónimo Há 1 semana

Não acredito que tenha uma reforma mais baixa que a maioria dos reformados portugueses que como ela trabalharam muitos anos para terem uma reforma de 200 e tal euros.....
Só porque trabalham ou trabalharam no teatro pensam que têm mais direitos que os restantes portugueses que não se queixam.......

isabel Machado Há 1 semana

Grande Senhora do teatro, Eunice Mûnhoz, faz bem interpretar seu papel tal cm Ruy d Carvalho, Gente d louvar Portugal aos 4 cantos do mundo, falta o nosso querido Nicolau bryner, ms á + que já ñ estão conosco

ver mais comentários

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável