Notícia

Polémica

Carrilho contra-ataca! Ex ministro diz que Bárbara lhe roubou cheque de 35 mil euros

Bárbara chamou a polícia com medo do ex-marido. O antigo ministro da Cultura contraria versão da ex-mulher e garante que não entrou no prédio.
06 de dezembro de 2018 às 14:01

As tensões entre Bárbara Guimarães e Manuel Maria Carrilho estão novamente ao rubroA apresentadora chamou a polícia quando se apercebeu que o ex-marido, condenado por violência doméstica, estava à porta do seu prédio.

Segundo o 'Correio da Manhã', no passado dia 29 de novembro a polícia foi chamada a casa da apresentadora, no centro de Lisboa, depois de a estrela da SIC ter acionado o botão de pânico – um sistema que permite a vítimas de violência doméstica pedirem apoio às autoridades de forma imediata, 24 horas por dia.

O antigo ministro da Cultura vem agora contrariar a versão da ex-mulher, nega ter entrado no prédio e acusa a apresentadora de lhe ter roubado um cheque no valor de 35 mil euros.

Carrilho alega que apenas foi buscar o filho Dinis. "Apenas toquei à porta para ele descer. Não há nenhuma transgressão de nenhuma norma", afirmou em declarações ao programa 'Rua Segura', da CMTV.

O filósofo acusa a ex-mulher de ter ficado com um cheque no valor de 35 mil euros. O montante refere-se a acertos dicididos pelo tribunal.

Carrilho terá combinado com Bárbara Guimarães, através de e-mail, que quando Dinis fosse a casa da mãe, levaria o cheque e traria de volta uma declaração da apresentadora em que esta confirmava que tinha recebido o montante.

A carregar o vídeo ...

O ex político alega que Bárbara não entregou qualquer documento e que ficou com o cheque, acusando-a assim de o ter roubado.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável