Notícia

Nacional

Com saudades da TV, Maria Elisa fala do casamento com advogado americano

Antiga jornalista da RTP recorda que conheceu o marido num jantar de amigos em Washington.
27 de outubro de 2017 às 12:12
Maria Elisa diz que tem saudades da televisão
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa
maria elisa

É uma das caras mais reconhecidas do pequeno ecrã mas já passaram 5 anos desde que Maria Elisa deixou a RTP, depois de uma longa carreira na televisão pública. Pelo meio, aventurou-se na política. Agora, o tempo é gasto a viajar, a ler e a namorar com o marido americano, que conheceu num almoço de amigos em Washigton há dez anos.

Maria Elisa já celebrou 5 anos de casamento com Stanford Hartman, cujo o diminutivo é Sandy. "Conhecemo-nos em Washington num almoço em casa de amigos comuns. Uma amiga dos donos da casa, que é mulher do melhor amigo dele, quando me conheceu, achou que nos devíamos encontrar e que havíamos de casar. Foi o que aconteceu. Nunca pensei que pudesse ainda viver uma relação estável e tranquila, como a nossa. Namorámos 5 anos e casámos em 4 de julho de 2012. Já festejámos 5 anos de casados", recorda a jornalista numa entrevista à revista Máxima.

"O Sandy foi advogado em Washington e passou os últimos 10 anos em São Francisco. Reformou-se em março e tem 64 anos, menos dois do que eu. Durante todo este tempo, tínhamos de andar entre aqui e lá. Agora, vamos passar mais tempo por cá", acrescenta a antiga diretora da RTP.

...
maria elisa

Agora, o tempo é para namorar, viajar e ler, mas Maria Elisa confessa que tem saudades do pequeno ecrã: "Apesar de ter deixado a televisão há mais de 5 anos, continua a ser importante para mim. O enfoque da minha vida é, e será sempre, a imagem", diz. "Passei anos com a televisão ligada a noite inteira", recorda. "Custa-me por uma lado ter saído porque gosto muiuto de estar no estúdio, mas por outro lado, penso que é muito difícil fazer programas, programar produção, conseguir publicidade, fazer notícias e estar sempre nesta luta", lamenta.

Maria Elisa entrou na RTP em 1973 e tornou-se, depois, uma das caras mais conhecidas de Portugal. Além de jornalista, foi assessora e também deputada.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Saber mais sobre

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável