Notícia

Sofrimento

Custódia Gallego fala pela primeira vez da morte do filho, que tinha apenas 32 anos: "Enraivece-me"

Atriz quebrou o silêncio sobre a dor maior que uma mãe pode sentir: perder um filho. Também Cristina Ferreira chorou com o sofrimento de Custódia Gallego.
07 de janeiro de 2019 às 11:12
Cristina Ferreira não conseguiu conter as lágrimas ao imaginar a dor que uma mãe sofre ao perder um filho. Uma conversa emocionante, em que a apresentadora emocionou-se ao ouvir Custódia Gallego falar, pela primeira vez, da morte do seu filho, o músico Baltazar Gallego que morreu em agosto de 2018. Tinha apenas 32 anos e não resistiu a um cancro. 

"Tenho dificuldade em respirar todos os dias depois dele ter desaparecido, não é propriamente pela minha sensação e dor de perda, é pela raiva e revolta dele não poder viver mais tempo. Ele gostava de viver, ele era um ser humano positivo e com muita coisa para fazer... e isso é que me enraivece", lamentou a atriz.

Custódia revelou ainda a dor permanente em que vive: "A ficção é muito mais leve que a minha realidade", disse a Cristina Ferreira.



Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável