Notícia

Big Brother 2020

De mal a pior: Pedro de 'BB' compara gays a drogados

As observações polémicas e homofóbicas não param dentro da casa, mesmo depois da penalização ditada por Cláudio Ramos.
14 de maio de 2020 às 09:11
Conheça Edmar, o concorrente homossexual do 'Big Brother' que quer desistir por ser alvo de ataques
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'
Edmar, do 'Big Brother'

A polémica sobre homofobia não para e está a causar estragos na casa do 'Big Brother 2020'. Pedro Alves apresentou-se como "um bocadinho" homofóbico e Hélder foi penalizado por Cláudio Ramos depois de comentários homofóbicos em relação a Edmar que ameaçou abandonar o reality show da TVI.

Depois da revelação do castigo do 'Big Brother' a Hélder, pelos comentários sexistas e homofóbicos, o assunto voltou à tona entre os colegas da casa na hora do jantar. E Hélder reforçou o que pensa da homossexualidade, agora com ajuda de Pedro.

A pergunta partiu de Iury em conversa com Hélder. "Incomoda-te se um casal [heterossexual] se beija na rua?", perguntou a concorrente. "Um casal normal não", respondeu Hélder.

"Ó, Hélder, e incomoda-te quando um casal homossexual se beija na rua?". "Não, não é incomodar. Se eu estiver sozinho não me incomoda. Mas se eu estiver com um filho, não sei. Acho que iria ser estranho", justificou Hélder.

A carregar o vídeo ...

"Ai meu Deus! Então, desculpa, mas és homofóbico", defendeu Iury, que acabou por ser desafiada pelo colega a fazer a mesma questão a outros homens do reality-show, e a jovem virou-se para Pedro Alves.

"Faz-me confusão, mas é a vida deles", respondeu Pedro. "E se tivesses um filho e um casal gay se estivesse a beijar ao teu lado?", continuou Iury.

"Não sei qual seria a minha reação", confessou Pedro Alves, que acabou por comparar um beijo de um casal gay a "um drogado a meter para a veia" em público. Hélder, já anteriormente penalizado pela atitude homofóbica, acabou por concordar.

"Um drogado não é livre de gostar de droga?", ironizou Pedro Alves. Curiosamente, Hélder está a ser acusado nas redes socias de surgir drogado num vídeo seu.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Jasmine Arnot Há 2 semanas

O Google pagava todos os meses o trabalho on-line em casa de 17.000 a 25.000 €. No mês passado, recebi um salário de 22479 € por trabalhar 3 horas por dia. Esse trabalho é realmente incrível e me dá umaa grande parcela da renda todos os dias. Qualquer um pode participar deste trabalho agora e começar a ganhar on-line como eu, apenas seguindo as instruções deste blog

........... >>>>>>>>>>>>      W­w­w­.­D­o­u­c­a­s­h­.­C­o­m

Jasmine Arnot Há 2 semanas

O Google pagava todos os meses o trabalho on-line em casa de 17.000 a 25.000 €. No mês passado, recebi um salário de 22479 € por trabalhar 3 horas por dia. Esse trabalho é realmente incrível e me dá uma grande parcela da renda todos os dias. Qualquer um pode participar deste trabalho agora e começar a ganhar on-line como eu, apenas seguindo as instruções deste blog

........... >>>>>>>>>>>>>      W­w­w­.­D­o­u­c­a­s­h­.­C­o­m

Joao Rodrigues Há 2 semanas

Será que o BB não expulsa este ANORMAL do Pedro Alves este gajo já mete nojo e tem a mania que é fino rua com ele

Salazar Há 3 semanas

Sim o Pedro tem razão são o que são mas não querem que se saiba..

ver mais comentários

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;