Notícia

tragédia

Djaló revela detalhes sobre o funeral da irmã Açucena

A adolescente de apenas 17 anos foi atropelada mortalmente nas festas da Moita, no passado fim de semana.
19 de setembro de 2018 às 08:28
Yannick Djalo inconsolável com a morte da irmã
Yannick com os irmãos, Açucena e João
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
djalo
Depois de ter deixado uma sentida mensagem de pesar pela morte trágica da irmã, Açucena, Yannick Djaló regressou às redes sociais para divulgar detalhes sobre o velório e o funeral da adolescente, que morreu atropelada nas festas da Moita no passado fim de semana.

...
A mensagem partilhada por Djaló
O velório terá lugar esta tarde de quarta-feira, na igreja da Moita, às 18h; o funeral será no dia seguinte, quinta-feira, às 11h, no cemitério da Moita.

View this post on Instagram

Nunca passou-me pela cabeça que isso fosse acontecer... era suposto essa mensagem vir de ti, e estar no teu Instagram e não no meu, era suposto tu sentires essa dor e não eu, era suposto que essas lágrimas fossem tuas e não minhas... nunca quis que sofresses, mas preferia que sentisses o que estou a sentir e trocássemos de lugar, minha Açu...palavra nenhuma consegue descrever a dor que sinto e quão pesado está o meu coração ... minha Açu... minha menina! Ainda não consigo acreditar... vou entrar por aquela porta e me vais saltar para os braços... ainda não consigo acreditar...Tenho de te ver... tenho de olhar p ti, p teu rosto... tenho de sentir de verdade que realmente não estás mais aqui!

A post shared by Yannick Dos Santos Djaló (@yannickdjalo_official) on



Açucena não resistiu aos ferimentos depois de ser atingida por um veículo e projectada contra uma parede. De acordo com o 'Correio da Manhã', o acidente que matou a jovem foi resultado de uma rixa entre dois gangs. Um dos agredidos entrou a conduzir em excesso de velocidade na rua fechada ao trânsito para atingir o rival mas acabou por enganar-se no alvo. 

A carregar o vídeo ...
O autor do crime acabou por ser detido pelas autoridades locais. Na manhã seguinte foi presente a um juiz do Tribunal do Barreiro que lhe decretou prisão preventiva.

Luciana Abreu não fez qualquer comentário sobre a morte da tia das suas filhas. Já a sua irmã, Luísa Abreu, deixou uma mensagem sentida nas redes sociais.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;