Notícia

Polémica

Fora do filme das Doce, Ágata parte ao ataque e ameaça contar a verdade escabrosa sobre os bastidores da banda

A cantora diz que tem "muitas histórias para contar" e que ficou de fora do filme para impedirem que ela fale.
24 de janeiro de 2020 às 07:00
Ágata, a mulher de mil talentos
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata
A cantora Ágata

As Doce foram um fenómeno de popularidade. O quarteto formado por Teresa Miguel, Helena Coelho, Laura Diogo e Fátima Padinha formou-se em 1979 pela mão de Tozé Brito. A meio do percurso, Ágata é convidada a fazer parte da banda por duas vezes; a primeira entre maio e outubro de 1985, a substituir Lena Coelho, durante a gravidez dela e, já quase no final da banda, com a saída de Fátima Padinha. As Doce terminaram em 1987.

A 25 de junho de 2020 estreia o filme 'Bem Bom' – em setembro haverá uma série na RTP –, que retrata o percursa de uma das primeiras 'girls band' portuguesas. Na história retratada, Ágata fica, literalmente, fora do filme. E isso deixa a cantora zangada, sentindo-se injustiçada.

"Se o filme é sobre o grupo, devia ser do princípio ao fim. E não é. Eu fiz parte das Doce e não sou retratada no filme, por isso acho que está incompleto", acusa a cantora em declarações à revista 'Maria'. "Acho injusto", reforça Ágata.

...
Ágata pouco depois do fim das Doce, já na década de 1990

Polémica, a cantora contra-ataca e acusa o filme de não contar a verdadeira história da banda: "(...) Aquilo que se passava nos bastidores de cor-de-rosa não tinha nada, por isso acho que não devem mostrar tudo."

A cantora vai mais longe e diz que ficou de fora porque não querem que ela conte a verdade. "Tenho muitas histórias para contar. O ambiente não era muito bom", atira Ágata à mesma publicação.

Entre outros incidentes, Ágata levanta um pouco do véu sobre a relação azeda que tinha com Laura Diogo: "Ela era muito arrogante, tinha a mania que mandava, mas eu não gosto de comandantes."

Curiosamente, uma das maiores polémicas com as Doce envolveu Laura Diogo e o jogador do Benfica, ReinaldoAgora, com o filme, realizado por Patrícia Sequeira, a história de Reinaldo e de Laura Diogo vai ser contada, de acordo com a versão da cantora para o guião.

Hoje em dia, a artista afastou-se de quase todos os elementos da banda, apenas mantém contacto com Teresa Miguel. "É a única com quem falo. Gosto muito dela, é muito boa pessoa", defende.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Entaladoatéaosossos Há 4 semanas

Uma coisa é certa. Os registos médicos e hospitalares do internamento da Laura Diogo, nunca apareceram. Se fosse verdade, alguém tinha arranjado maneira de tirar cópias e de as revelar na Imprensa....

Anónimo Há 4 semanas

Engraçado sempre que envolve um jogador do benfica qualquer ato ou circunstância é sempre mentira até passados 30 anos continua a negação pobre cu da Laura

Emma Silva Há 4 semanas

https://getmeets.com - um ótimo projeto para adultos que procuram um parceiro para sexo

Anónimo Há 2 horas

O filme estreia em 2010???

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;