Notícia

Drama

Inferno! Xeque-Mate é o 2.º cavalo de João Moura Jr que morre nas praças de toiros

O toureiro de Monforte continua de luto depois de ser obrigado a abater o cavalo gravemente ferido na "noite de terror" em Coruche. Já em 2011, Moura Júnior viu um cavalo morrer na praça, Belmonte vítima de ataque cardíaco.
09 de julho de 2019 às 15:16

Na noite de sábado, 6, a bravura dos toiros da ganadaria São Torcato levaram o caos e o terror à praça de Coruche, onde teve lugar uma corrida de toiros de homenagem ao bandarilheiro Manuel Badajoz.

Os cavaleiro Ana Batista e João Moura Júnior sofreram violnetas colhidas quando lidavam o 2.º e 6.º da noite, respetivamente. Ambos foram assistidos na enfermaria da praça e transportados ao hospital de Santarém para observação. O forcado Luís Fera sofreu fraturas facial e craneana.

O filho mais velho de João Moura sofreu um corte interno e externo no lábio inferior e uma forte pancada na cabeça. Mas o verdadeiro drama para o cavaleiro de Monforte não foram as mazelas físicas mas sim a dor de perder um companheiro de todos os dias.

O cavalo Xeque-Mate, uma das estrelas da quadra de João Moura Júnior, sofreu uma fratura exposta e acabou por ser abatido no domingo e sepultado na quinta do cavaleiro.

Mas esta não é a primeira vez que o filho mais velho de João Moura vive tamanha fatalidade. Em 2011, durante as festas Sanjoaninas, em Angra do Heroísmo, Açores, um cavalo de João Moura Jr. teve um ataque cardíaco fulminante em plena lide. Ainda houve tentativas para reanimar o animal mas sem sucesso, acanbando por morrer na arena. São dramáticas as imagens a tentar salvar Belmonte, perante o desespero de Moura Jr.

Um momento que continua presente na mente de Moura Jr. que, no longo texto de homenagem a Xeque-Mate, não se esqueceu de Belmonte. "Meu querido Xeque-­Mate, os grandes merecem grandes homenagens, contigo levas uma parte muito importante de mim. Como também levou o Belmonte, quando nos deixou. Dois cavalos que marcaram a minha carreira e a minha vida", recordou o cavaleiro. 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
João Barros 01.08.2019

Só lamento o sofrimento dos animais e principalmente dos touros que são barbaramente sacrificados, para gáudio de tantos infelizes que aplaudem esta barbárie.
Como é possível vermos "gente..." aos saltos, como foi o caso (p. ex.) duma tal de Fernanda Serrano, a aplaudir em êxtase a tortura de um animal?!. Um touro coberto de sangue e uns quantos…. saltam e vibram ao assistirem a esta tortura.
Quanto ao cavalo, se alguém estava a mais neste filme de terror, não era por certo ele, mas sim quem o levou para aquele encontro macabro.

Anónimo 10.07.2019

A toureira também deveria ter levado com o touro para saber o que é ser "espetada"

Anónimo 09.07.2019

As vitimas de isto tudo são os touros e os cavalos. gente sem coração

Anónimo 09.07.2019

Viram o estado em que deixaram o touro??? A sangrar, com as bandarilhas cravadas no corpo ?? Acham isso humano ???? O cavalo que teve de ser abatido??
Em que mundo vivemos?
Tanta maldade aos animais, está na hora de parar e pensar COMO UM SER HUMANO

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável