Notícia

Polémica

Maria das Dores revela que mandou matar o marido porque ele lhe chamava 'Maria Gorda': "Eu era, simplesmente, maltratada"

A socialite, que não tem uma mão, está a cumprir uma pena de 23 anos por ter encomendado a morte do marido, o empresário Paulo Pereira Cruz. Maria das Dores conta tudo, sem rodeios nem pudor.
05 de julho de 2019 às 17:00
'Socialite' Maria das Dores condenada a 23 anos por mandar matar marido
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Cristina Ferreira foi à prisão de Tires entrevistar Maria das Dores, a antiga socialite que está a cumprir uma pena de 23 anos por ter mandado assassinar o marido, o empresário Paulo Pereira Cruz - pai de Duarte, o seu filho mais novo - que se queria divorciar dela.

"Acho que tudo o que me aconteça de mal, eu mereço. E mereci", começou por dizer Maria das Dores, que explica que nos primeiros anos da pena viveu em negação.

"Três, quatro anos depois, comecei a aperceber-me de que, na realidade, tinha causado uma catástrofe. Tinha vitimizado muita gente. E tinha sido a causadora daquilo tudo. E aí comecei a sofrer, a aperceber-me do porquê. (...) Ninguém tem o direito de tirar a vida a ninguém. E isso, nunca me vou desculpar", disse.

...
maria das dores
Maria das Dores contou que foram os ciúmes, os maus tratos verbais e a consequente baixa autoestima que a levaram a cometer o crime, mas que amou profundamente o marido no início da relação.

Acusadas! Crimes macabros no feminino
Maria das Dores
Maria das Dores, david motta
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Rosa Grilo
Rosa Grilo
Luís e Rosa Grilo
Rosa Grilo
Rosa Grilo
Rosa Grilo
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Diana Fialho
Diana Fialho
Diana Fialho
Diana Fialho com a mãe
Rafaela Cupertino
Rafaela Cupertino
Inês Cupertino, irmã gémea de Rafaela Cupertino
Maria das Dores
Maria das Dores, david motta
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Maria das Dores
Rosa Grilo
Rosa Grilo
Luís e Rosa Grilo
Rosa Grilo, António Joaquim, tribunal
Rosa Grilo
Rosa Grilo
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Leonor Cipriano
Diana Fialho
Diana Fialho
Diana Fialho
Diana Fialho
Rafaela Cupertino
Rafaela Cupertino
Inês Cupertino, irmã gémea de Rafaela Cupertino
"Quando o conheci foi uma paixão avassaladora (...) Idolatrava-o (…) Nós davamo-nos muito bem. Eu era casada. Contrariamente ao que se diz, eu tinha uma vida. Trabalhava num banco (…) Não cometi este crime por dinheiro. Cometi este crime por ciúme e por me sentir com a autoestima completamente em baixo. Porque eu era, simplesmente, maltratada", recorda.

A carregar o vídeo ...
A ex-socialite perdera um braço alguns anos antes, num acidente de viação onde Paulo Cruz ia a conduzir. Algo que contribuiu para o afastamento do casal. "Comecei a sentir que estava gorda (…) Fui-me apercebendo do afastamento... rejeição, em termos íntimos, porque lhe fazia confusão o braço", contou.


OS INSULTOS DE PAULO


Maria das Dores tentou explicar o que a levou à sua decisão, embora garanta que ainda hoje não consiga perceber realmente o que aconteceu.

"Foi depois de muita, muita coisa. Muitos episódios de maus-tratos verbais. De me chamar 'Maria gorda', de dizer: 'Olha aquela tão gira'. Depois de tantas coisas feias. E de eu cada vez me sentir mais pequenina (...) Era tratada como 'não tens braço. Pesas 100 quilos'", contou.

Saiba quem é David Motta, o filho de Maria das Dores
David Motta
O jovem é produtor de moda
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta em 2009
David Motta durante o julgamento da mãe em 2007
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
Maria das Dores continuou na espiral descendente até tomar a derradeira decisão. "Aquilo foi um momento que eu tive. Comecei a pensar em tudo. Fiquei sem um braço. Ele não esteve no velório da minha mãe. Pensei em tudo. 'Vais-me pedir o divórcio. Vais ficar com o Duarte. Eu, se calhar, vou ficar sem nada. Eu não posso ficar sem o Duarte'. Eu sabia que ele me ia pedir o divórcio. Eu não queria. Não sei explicar. Estou tão arrependida (...) Não sei explicar o que se passou comigo".

A ENCOMENDA DO ASSASSINATO


O empresário foi morto com duas pancadas na cabeça por homens contratados por Maria das Dores. "A Maria mandou matar o seu marido", disse-lhe Cristina Ferreira.

"Sim (…) Não pensei", admitiu Maria das Dores, acrescentando: "Disse só [ao motorista] que queria que lhe batessem. E ele perguntou: 'mas bater como?' e eu disse: 'quero que o Paulo morra. Quero que o meu marido morra'. Disse isso'.

David Mota, o excêntrico filho da assassina do jet set mostra-se completamente despido na cama
maria das dores
maria das dores
maria das dores
David Motta
David Motta
David Motta
Rita Rolex e David Motta, na ModaLisboa
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
maria das dores
maria das dores
maria das dores
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
David Motta
Maria das Dores mostrou-se arrependida ao longo de toda a entrevista, garantindo no entanto que não é "uma psicopata".

"Ninguém tem o direito de tirar a vida a ninguém. É o que sei. E eu fi-lo. Portanto, tudo de mal que me aconteça é pouco. Tenho de pedir perdão às pessoas que vitimizei. Agora, não sou uma psicopata nem ando para aí a pensar em matar pessoas", afirmou.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Anónimo 06.07.2019

Esta não gostou que lhe dissessem a verdade, estou com uma peninha dela que nem posso...fdp.

Joao Rodrigues 05.07.2019

Ó Dolores vai dar banho ao PORCO pois é o que sabes fazer,Prisão prepetua é que deveria ser

Anónimo 05.07.2019

Desde quando se matam os MARIDO POR ISSO????????????????????, MATAR SIM, MAS ÉS OS VIOLADORES E PEDÓFILOS.

Anónimo 05.07.2019

se mandou matar o marido por lhe chamar gorda , se a moda pega vai haver muitos viúvos por aí

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;