Notícia

Polémica

Nuno Markl arrasa Maria Vieira por causa da morte de Marielle Franco

Depois da atriz ter feito um comentário sobre a morte da vereadora brasileira, Marielle Franco, o humorista não se conteve e lançou duras críticas: "Ela vive no lado negro da humanidade"
18 de março de 2018 às 12:17

Já trabalharam juntos, foram amigos e Nuno Markl até sentia admiração pela atriz Maria Vieira. Mas, desta vez, Maria terá ido longe demais e Markl não lhe perdoa. O autor de '1986' escreveu um longo texto a mostrar toda a sua indignação a propósito dos últimos comentários de Maria Vieira nas redes sociais a propósito do assassinato da política ativista brasileira, Marille Franco, no centro do Rio de Janeiro.

"No Facebook da Maria Vieira, um dos seus fãs, num indescritível acesso de pura e inadulterada maldade (aquilo a que os anglo-saxónicos chamam EVIL, não há outra palavra melhor) comenta a terrível execução da Marielle Franco dizendo: 'A mesma que impediu a polícia municipal de andar armada para sua defesa. Temos pena, shit happens, menos uma esquerdalha a consumir oxigénio'. A Maria - e, caraças, o quanto eu estimava a Maria, há uns anos - respondeu apenas 'ela foi vítima dos seus próprios disparates'. E depois, no insulto supremo a várias inteligências (incluindo a sua própria) remata: 'Ainda assim eu lamento a morte dela'", indignou-se Markl.

O humorista sentiu ainda necessidade de dar uma explicação de ter reagido desta forma aos comentários de Maria Vieira, justificando que ela vive no "lado mais deplorável e negro da humanidade" e que, neste momento, já não reconhece a amiga de tempos idos.

"Dirão: mas para quê dar atenção à Maria Vieira? Precisamente porque a conheci, e, durante muitos anos, ela não era isto. O meu problema não é ela ter virado à direita - conheço muito boas pessoas de direita. O meu problema é isto. É a normalidade de dialogar com alguém que celebra uma execução com um 'bem feita, menos uma'. E isto, repito, não tem a ver com ideologias. Tem a ver com uma coisa que não tem cor política: o lado mais deplorável e negro da Humanidade. Ela agora vive lá e vive feliz, aparentemente. E isso, para quem a conheceu e trabalhou com ela, é profundamente triste", justificou.

A carregar o vídeo ...
;

Recorde-se que a vereadora Marielle Franco e o motorista foram assassinados na quarta-feira, dia 14, na região central do Rio de Janeiro. Marielle era conhecida pela luta contra a violência policial e por ser ativista dos direitos das mulheres. A principal linha de investigação das autoridades policiais brasileiras é a de execução.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável