Notícia

Polémica

Nuno Markl não perdoa: Compara Joana Latino a Bolsonaro e define discurso como fascista

O humorista deu uma resposta dura à comentadora do 'Passadeira Vermelha'.
19 de maio de 2020 às 20:47
Joana Latino envolvida em reportagens que obrigam SIC a pedir desculpas
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
joana latino
Joana Latino foi surpreendido nesta quarta-feira ao ver o seu nome envolvido no reality show da TVI
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
Joana Latino
joana latino
Joana Latino
Joana Latino queria elogiar os diretos de Bruno Nogueira no período do isolamento social mas acabou por atacar a classe artística e recebeu uma resposta dura de Nuno Markl. 

Em causa estão as críticas de Joana Latino aos artistas que passam por uma crise financeira, agravada pela pandemia do coronavírus. "Os artistas em vez de fazerem tantos discursos miserabilistas, catastrofistas e de autocomiseração, deviam mexer-se", disse a comentadora apontando Bruno Nogueira como exemplo. 

"Não é bonito ver o 'Como é que o bicho mexe' ser usado como arma de arremesso contra a classe artística, como se os diretos do Bruno se revelassem, afinal, a solução mágica para os graves problemas de uma quantidade tremenda de profissionais da cultura, em extraordinárias dificuldades nestes tempos", respondeu Nuno Markl no Instagram.

"É grosseiro e demagógico, quase num nível Bolsonárico, que se levante a questão 'de que se queixam, se está provado que é só ligar o Instagram e criar uma oportunidade de trabalho?'. 'O Bicho' nunca foi, nem pretendeu ser, um modelo de negócio ou um ganha-pão para os seus intervenientes. Diria até que todos os que entrámos nesta aventura do Bruno somos bastante privilegiados: a nenhum de nós falta trabalho, nenhum de nós está a passar fome. Mas há muita gente que está, e não são só 'os artistas', são todos os profissionais cuja vida depende das mais diversas atividades culturais", acrescentou Nuno.

A carregar o vídeo ...
Nuno Markl continuou sendo ainda mais duro. "Atacar os agentes da cultura é retórica facha", disse."A ideia de que a arte é coisa supérflua, que há 'coisas mais importantes' e que a vida de artista se resolve com um estalar de dedos é pantanosa, triste e injusta. A classe artística não é queixinhas - é feita de muita gente com vidas, com famílias, e que há meses que tem a sua vida suspensa, com tanto trabalho adiado 'sine die', ou mesmo definitivamente cancelado".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Charlotte Paton Há 2 semanas

Melhor meio período trabalhando on-line em casa. Recebi um salário de US $ 26538 no meu último mês por trabalho on-line facilmente em casa. eu sou um estudante e trabalho a tempo parcial em casa e gera mais renda. Trabalho diariamente com facilidade de 3 a 4 horas por dia no meu tempo livre. se você também quiser ganhar esse tipo de dinheiro, venha fazer parte de nós.

Veja mais aqui ........ >>>>>>>>>      W­w­w­.­D­o­u­c­a­s­h­.­C­o­m

Zé Nabo Há 2 semanas

Nuno Markl o verdadeiro exemplo da esquerda caviar.

Anónimo Há 3 semanas

Nunos Markl, Fernandos Alvins, Brunos Nogueiras, Ricardos Pereiras…. vocês têm tanta graça, como o vento que está a soprar na minha janela neste momento! Se não fosse uma sociedade apática, imbecilizada e ignorante, vocês nunca existiam! Simples como isso!

a.fernandes fernandes Há 3 semanas

comentário de coragem, pois a realidade é que os artistas na generalidade vivem sempre como ricos e depois de velhos andam a pedir esmolas, muito bem senhora Latino, que eu nem sabia que existia..

ver mais comentários

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;