Notícia

Memória

O que é feito do polémico Tomás Taveira?

O arquiteto das Amoreiras viu a sua reputação e carreira entrarem em declínio em 1989, ano em que foi divulgado o conteúdo de uns filmes privados. Depois de protagonizar o maior escândalo sexual do pós-25 de Abril, Taveira retirou-se da vida pública.
29 de abril de 2018 às 20:10
Quem não se lembra de Tomás Taveira, o arquitecto que assinou o projeto das Amoreiras, um dos mais controversos da capital nos anos 80? Se na altura era uma das figuras mais mediáticas do país e também uma das mais polémicas, 33 anos depois da inauguração do complexo das Amoreiras Taveira, hoje com 79 anos, desapareceu da vida pública e social portuguesa.

...
Tomás Taveira
Mas a verdade é que o ano da "desgraça" do conhecido arquitecto, que também chegou a ser apelidado de  "papa" do pós-modernismo português, deu-se em 1989. A publicação do conteúdo das famosas cassetes - filmes dos seus encontros sexuais com várias mulheres, algumas bem conhecidas do jet-set nacional da época, acabou por determinar o início do declínio da sua carreira e da sua vida pública.

...
Tomás Taveira
Se até então, o arquiteto circulava comodamente nas mais altas esferas da sociedade portuguesa, a partir da difusão dos filmes - que ainda hoje estão acessíveis em sites de pornografia- Tomás Taveira começou a ser visto como 'persona non grata'. E aos poucos, e apesar de ter continuado a trabalhar e assinar projetos - perdeu mediatismo e notoriedade.

...
Tomás Taveira
O escândalo sexual das cassetes pornográficas assumiu uma curiosidade mediática nunca vista.  O material onde se via Tomás Taveira a manter relações sexuais com várias mulheres, algumas delas alegadamente figuras da alta sociedade, foi "oferecido" aos jornais.
 
...
Tomás Taveira
A revista 'Semana Ilustrada', cujo editor se chamava André Neves, publicou as fotos da intimidade de Taveira, mas a anunciada "continuação" acabou por nunca chegar à luz do dia.  Também a revista espanhola 'Interviù' "pegou" no assunto mas a sua distribuição em Portugal foi cancelada. A polémica acabou por motivar uma intervenção do primeiro-ministro, Aníbal Cavaco Silva.

Para além do declínio da sua carreira, Tomás Taveira viveu ainda o fim do seu casamento com Amarílis Cristina, com quem tinha dois filhos.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável