'

Notícia

Crime

Racismo à flor da pele. Pivô da TVI Conceição Queiroz vítima de ataques baixos: "Que tive de dormir com alguém para subir"

A jornalista da TVI decidiu mostrar para todos quem são os agressores e o que eles dizem no anonimato das redes sociais.
08 de janeiro de 2021 às 16:47
A carregar o vídeo ...
A jornalista da TVI Conceição Queiroz revelou os ataques racistas que recebe nas redes sociais. 

"Não é ficção. Ataques racistas diários", começou a escrever a jornalista esta quinta-feira, 7, no Instagram. "Dizem de tudo. Que me prostituí para chegar onde estou (mulher africana é burra. Tem de dormir com alguém para subir na vida), que não entendem como me dão trabalho que é só para brancos, ordenam que me vá embora, ligam para o meu local de trabalho a pedir que seja afastada  (atendi uma dessas chamadas), dizem: 'sua preta, tiras o lugar aos portugueses, devias ser violada, tens essa boa disposição irritante, andas na coca...'", acusou.

...
Ataques racistas a Conceição Queiroz
"Todos os dias lido frontalmente com uma história imunda. Mas isso sou eu, com espírito aguerrido e os antepassados a protegerem. Enfrento-os. A minha preocupação são os outros (igualmente destratados) sem a estrutura que me acompanha. É por isso que não deixo de lutar. Em plena pandemia desejarem-nos a morte. É patológico, mas também maquiavélico. Peço aos agressores que continuem a atacar-me, mas abandonem quem (ainda) não se defende e fica com cicatrizes para o resto da vida", apelou a jornalista.

A resposta de Conceição Queiroz está na vontade de conquistar ainda mais. "Entretanto as notícias são boas: nós negros apostamos ainda mais na formação. Já se riram ao descobrir que estou a tirar o doutoramento. Aos ditos digo que vou seguir para o pós-doutoramento. Comunidade: Amados e amadas, invistam na formação. Não é fácil. Trabalhei com orgulho em restaurantes para pagar propinas. Obrigada aos brancos que estão connosco, pois não generalizo. Não baixem a cabeça, não aceitem o desrespeito. Não sejam violentos, mas afirmativos. Honrem a memória dos que lutaram e morreram por nós. Como diz [Paulina] Chiziane (referência da literatura moçambicana), Deus não criou África por engano, mas por amor. Não se esqueçam do vosso valor. Não se esqueçam também que não desisto de nós!"

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever