Notícia

Polémica Espírito Santo

Ricciardi anda em festas e Salgado já pode sair de Portugal

José Maria Ricciardi e Ricardo Salgado, os primos desavindos do império Espírito Santo, seguem com as suas vidas de luxo. Ambos sportinguistas, só Ricciardi foi convidado para a festa de Bruno de Carvalho.
Por Isabel Laranjo | 17 de fevereiro de 2017 às 19:30
Ricciardi anda em festas e Salgado já pode sair do país
José Maria Ricciardi faz parte da comissão de honra da recandidatura de Bruno de Carvalho, à presidência do Sporting
José Maria Ricciardi a chegar à festa de aniversário de Bruno de Carvalho. O primo, Ricardo Salgado, também sportinguista, não foi convidado
Bruno de Carvalho a receber o banqueiro, já dentro do Café In, onde foi a festa do 45º aniversário do líder sportinguista
O banqueiro, sorridente, junto de outros amigos sportinguistas, como Dias Ferreira e Sousa Cintra
Ricardo Salgado, sportinguista, ficou de fora da festa de Bruno de Carvalho
Devido à zanga entre os primos José Maria e Ricardo, na capela da família nota-se o mal estar entre os vários ramos da família, durante as missas dominicais
Marcelo Rebelo de Sousa, ao contrário de outras pessoas, nunca renegou a sua longa amizade com Ricardo Salgado
O Presidente, antes de ser eleito, no Estoril Open, com o casal Maria João e Ricardo Salgado
José Maria Ricciardi, de 62 anos de idade, foi um dos convidados da festa de aniversário de Bruno de Carvalho. O presidente do Sporting, que se recandidata às eleições do clube, a 4 de março, quis ter na festa os que lhe são mais chegados.

A chegada do primo desavindo de Ricardo Salgado ao Café In, em Lisboa, onde decorreu a festa de aniversário do presidente sportinguista, foi das mais notadas. 

Ao contrário, apesar de também ser "leão", Ricardo Salgado não esteve entre os convidados de Bruno de Carvalho, que completou 45 anos de idade. Isto apesar de sempre ter sido uma figura associada e influente no clube leonino.

Os primos, netos do fundador do Banco Espírito Santo, zangaram-se. O império caiu. Mas ambos continuam com as suas vidas de luxo. José Maria Ricciardi é apoiante confesso de Bruno de Carvalho. "Terá o meu voto", garantiu. Quanto à preferência do primo Ricardo, está por esclarecer.

Certo é que há novidades no universo familiar. Após ter recebido instruções judiciais, que o impediam de sair do país, Ricardo Salgado pode, agora, voltar a ausentar-se para o estrangeiro. 

A medida de coação, imposta pelo juiz Carlos Alexandre, caducou no dia 12 de dezembro de 2016. Por isso, além de poder andar à vontade pelas suas casas, de Cascais e da Comporta, agora também já pode ausentar-se, uma vez que não lhe foi ainda deduzida acusação.

Unidos pelo amor ao mesmo clube – José Maria Ricciardi é descedente do fundador do Sporting, o visconde de Alvalade – e pelos laços de sangue, contudo, os primos continuam desavindos, o que gera desconforto entre os vários ramos da família Espírito Santo.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável