Notícia

EXCLUSIVO

Salvador já faz fisioterapia mas há mistério em torno do coração que recebeu

Na noite lisboeta corre o rumor de que Salvador Sobral recebeu o coração do segurança assassinado, junto à discoteca Barrio Latino, poucas horas antes do transplante cardíaco do cantor. O funeral deste é hoje, 13 de dezembro.
13 de dezembro de 2017 às 09:38
No momento em que Salvador Sobral sai dos cuidados intensivos e já está a fazer fisioterapia, há um novo rumor a circular em Lisboa. "Na 'noite' toda a gente comenta que o Salvador ficou com o coração do Nuno", revela a empregada de uma das mais conhecidas discotecas do Cais do Sodré.

A funcionária conhece bem os meandros da noite e diversos seguranças. Aliás, "foi o meu namorado, que também é segurança, que me falou nisso. Toda a gente tem a mesma ideia", acrescenta, preferindo não se identificar, "por respeito para com as famílias dos dois".

"É MUITA COINCIDÊNCIA"

Nuno Cardoso, de 42 anos de idade, foi morto a tiro na sexta-feira, 8 de dezembro, pela uma da tarde. Ainda foi levado com vida para o hospital de S. José, em Lisboa, mas já nada havia a fazer. Pouco depois, no hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, Salvador Sobral recebe o tão necessário transplante. "É muita coincidência", reforça a funcionária da discoteca.

O segurança foi abatido, alegadamente, por um rapaz de 17 anos que se entregou e confessou o crime, na sede da PJ, em Lisboa, no sábado, 9. Por essa altura, Salvador já saiu dos cuidados intensivos da unidade hospitalar onde está internado desde setembro e até já está a fazer fisioterapia. A reuperação do músico corre como esperado pelos médicos. 

A carregar o vídeo ...
Nuno Cardoso só foi entregue à família na terça-feira, 12. No mesmo dia, Salvador Sobral continuava a sua caminhada pela vida, saíndo dos cuidados intensivos. Só que nunca será possível saber se o coração que recebeu é o de Nuno. "Isso é impossível porque é um processo completamente anónimo. Nem os familiares dador nem dos transplantados - caso sejam recolhidos vários órgãos, têm acesso a essa informação", explica o Luís Negrão, assessor médico da Fundação Portuguesa de Cardiologia.

DA MORTE SE FAZ VIDA

Ao contrário do que era pretendido pela família do segurança morto, junto à discoteca Barrio Latino, onde terminava mais um turno, não pode ser cremado. Uma vez que a morte violenta foi fruto de um crime, um dos amigos de Nuno Cardoso explicou que o corpo teria de ser enterrado e as exéquias foram alteradas, jazendo agora no Cemitério da Ajuda, em Lisboa.

Salvador Sobral abre um novo capítulo na sua vida, ao receber o transplante. Caso não tenha complicações, como a rejeição do órgão, terá de ser permanentemente medicado e seguir uma alimentação e estilo de vida saudáveis. A esperança média de vida de um doente, nesta situação, é de 10 a 12 anos.

A carregar o vídeo ...

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável