Notícia

Quem Quer namorar com o Agricultor

Tudo lhe acontece! A vida de tragédia do agricultor de Vinhais, Ivo Pires. Queimaduras graves e risco de amputação

A vida não tem facilitado a tarefa ao agricultor. As desgraças têm sido mais que muitas.
10 de abril de 2019 às 14:44

É um dos agricultores mais populares do programa da SIC, 'Quem Quer Namorar com o Agricultor?' Mas a vida de Ivo Pires tem sido tudo menos um "mar de rosas". O drama, a tragédia e os acidentes perseguem o homem de Vinhais.

Ivo perdeu o pai, que se suicidou, quando tinha apenas 3 anos de idade. A infância do filho de dona Zélia foi vivida entre Portugal e Espanha. No regresso a Vinhais encontrou o grande amor da sua vida. Mas a coisa também não terminou da melhor maneira, como a FLASH! já escreveu.

Ivo acabou com uma série de traumas sexuais que o impedem de se entregar verdadeiramente a outras mulheres e, também por isso, terminou esta aventura televisiva sozinho, sem a tão desejada companheira. Na altura Ivo vendeu tudo o que tinha para estar com a namorada em Lisboa mas a relação acabou assim que o agricultor ficou sem dinheiro.

O desgosto de amor levou-o ao consumo de álcool e de droga, como foi revelado pela mãe, dona Zélia, à TV Guia. Por causa de todos esses problemas do passado, agora é mãe que lhe gere o dinheiro. "O meu filho tem um grande problema que é ter muitos amigos e, quando ía ao café deixava lá o dinheiro todo", denunciou Zélia logo nos primeiros episódios do programa da SIC.

Mas os dramas da vida de Ivo Pires não acabam aqui. Quando tinha 26 anos, andava a queimar umas silvas para limpar um terreno quando decidiu atirar gasolina para cima do fogo. Ficou rodeado de chamas e com queimaduras "nas mãos, os braços, parte das costas e o rosto", segundo o testemunho de um vizinho à 'TV Mais'.

Ficou internado cerca de duas semanas e a sua recuperação foi considerada um milagre. Seguiu-se um acidente de viação com uma carrinha. Fratura exposta num dos braços e novo internamento no Hospital de Bragança. A operação correu bem mas, no regresso a casa, excedeu-se nos trabalhos agrícolas, contrariando as indicações médicas, e o caso agravou-se. Ivo correu o sério risco de ter o braço amputado.

Pelo caminho ainda houve pequenos acidentes que apenas deixaram escoriações leves sem cuidados de maior. Mas, com 38 anos de idade, a vida não tem facilitado a tarefa ao agricultor de Vinhais. 

 

  

 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável