'

C-Studio

C-Studio i

Conheça o fashion statement que resiste ao teste do tempo

No verão, no inverno, em looks formais ou para um dia de praia. Há um acessório obrigatório em cada carteira.
21 de julho de 2021 às 11:33
2021-07-14_16_47_44 web-20210224_SHOT_14_09646_2965KB_B_ADOBERGB.jpg

Nos anos 90, a música andava nas bocas de todo o mundo: "E como é bom de ver, não podia esquecer… os meus óculos de sol!" Se a música não envelheceu bem com o tempo, o mesmo não se pode dizer do acessório. Os óculos de sol são, há décadas, um acessório que nunca passa de moda, por mais formatos e cores e lentes que apareçam.

O melhor? Tal como outros acessórios, também a moda nos óculos de sol é cíclica: dos grandes e redondos aos cat eye, já todas pudemos revisitar a gaveta e reutilizar óculos que achamos que nunca mais pegaríamos na vida.

Neste percurso por um lugar ao sol - ou apenas uns raios de sol -, a Sunglass Hut firmou-se como a marca de renome que acompanha as tendências e os clientes. Ao longo dos anos, todas as tendências tiveram o cunho Sunglass Hut; agora, chegada ao meio século de vida, a marca procura celebrar os looks mais icónicos de cada uma das décadas. Numa parceria com seis designers que fazem parte do ADN da marca, lança agora seis armações exclusivas numa viagem no tempo que tem tanto de vintage como de atual. Pronta para entrar na máquina do tempo e ter o melhor look de cada década?




Década de 70


Flores, calças oversized, padrões, cabelos volumosos e … mais flores. A década de 70 foi, um pouco por todo o mudo, uma época revolucionária, com estilos mais livres, penteados mais naturais e com muitas influências. No mundo da moda, Liza Minnelli eternizou-se como fashion icon nesta época; na música, os ABBA, que ainda hoje nos põem a dançar a Dancing Queen.

Se há, nos anos 70, algumas memórias que preferimos não reviver, há também alguns pontos que ainda hoje ditam a forma como nos vestimos, como vemos cinema ou ouvimos música. Para os homens que gostavam de recuperar o sun look (sem as calças à boca de sino!), a Versace lança uma armação clássica com lentes cor de laranja e o logótipo comemorativo na haste interior.




Década de 80


Esta foi a década em que o Reino Unido posicionou o seu women power para todo o mundo. A Rainha Isabel II era já a mulher mais poderosa da monarquia, e Margaret Thatcher mostrou ao mundo como é ser líder de um país e não deixar que o género interfira - ou pelo menos tentar. Mas há ainda um trunfo inesperado: Diana Spencer eterniza-se como A princesa do povo, título que não perdeu nem com o divórcio. É também o ícone de moda a reter: todas queriam repetir os seus looks.

Na música, John Lennon e Michael Jackson são os incontornáveis nomes. Já na moda, os conjuntos integrais de ganga, os néons e as ombreiras exageradas estavam in. É também nesta época que surgem as leggings, que ainda hoje são usadas diariamente por milhões de mulheres em todo o mundo.

Para celebrar uma década na qual o exagerado era o novo normal, a Ray-Ban cria a arrojada armação Wayfarer, com uma combinação de cores entre Havana e preto e o logótipo comemorativo no interior da haste.




Década de 90


Sim, parece que os anos 90 foram ontem, muito porque o revivalismo desta década ganhou grande fama nos últimos três anos. As festas dos millennials trouxeram outra vez todas as músicas, todas as roupas e todos os bons momentos. Das festas privadas para a rua, foi um passo rápido e os anos 90 estão no seu auge.

Na música e na moda, o grunge assume a liderança, com peças mais escuras, padrão aos quadrados e jeans rasgados. Para as mulheres, juntam-se ainda as famosas gargantilhas e, claro, os óculos de sol que dão uma aura de mistério mesmo em dias nublados.

Numa clara alusão aos principais estilos da década, a Oakley lança a armação de edição limitada Gibson, com lentes polarizadas Prizm 24K, que pode ser usada e partilhada por ele e por ela… ao som de Britney Spears e de BackStreet Boys, claro.




Década de 2010... e 2020


Num piscar de olhos, a viagem no tempo já nem parece tanto uma viagem no tempo. Afinal, a década de 2010 foi… ontem? Sim, e na verdade a nova década em que estamos traz muitas das influências da passada. A regra? Não há regras! Há um revivalismo de todas as décadas anteriores, numa escolha criteriosa dos melhores looks, dos melhores acessórios e da inspiração em ícones presentes e passados. O estilo clássico e o descontraído encontram-se na mesma pessoa e todos os pormenores fazem a diferença.

As edições limitadas comemorativas das duas décadas dão o toque de cor e irreverência essencial para qualquer saída - mesmo que seja ir só ao supermercado ou num passeio higiénico! Para assinalar a década de 2010, a Versace cria um modelo de edição limitada para mulher, com lentes cor de laranja e elegantes hastes pretas. A explosão de cores a contrastar com looks mais simples. Já para a nova década, a Oakley lança o Leadline, com lentes polarizadas 24k. Um modelo versátil e de linhas finas, para combinar com qualquer estilo. O toque distintivo faz-se pelas lentes amarelas. Ambos os modelos têm o logótipo Sunglass Hut 50 no interior da haste, para assinalar a edição limitada.

Todos os modelos comemorativos Sunglass Hut estão à venda nas lojas físicas - e são já mais de 3000 espalhadas pelo mundo! - ou no site. A melhor forma de perseguir o sol, com olhos protegidos e com imenso estilo!

Partilhar