'

Notícia

Casas Reais

Enfim, o carinho. Charlene e Alberto do Mónaco mais próximos que nunca em público

O casal mostrou-se descontraído em público no Grande Prémio do Mónaco de F1 após os fortes rumores de separação.
29 de maio de 2022 às 20:34
A princesa Charlene regressa ao Grande Prémio do Mónaco de Fórmula 1
Princesa Charlene
Princesa Charlene e Alberto II
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene e Alberto II
Princesa Charlene e Alberto II
Princesa Charlene
Princesa Charlene e Alberto II
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene
Princesa Charlene e Alberto II
Princesa Charlene e Alberto II
A princesa Charlene chamou atenção este fim de semana no regresso ao Grande Prémio do Mónaco de Fórmula 1, ao lado de Alberto II e dos filhos, Jacques e Gabriella.

O casal surgiu em público mais próximo do que nunca, com conversas sorridentes, e no sábado de mãos dadas. 

Charlene e Alberto II têm enfrentado fortes rumores de separação, que no ano passado se intensificaram quando a princesa passou longos meses afastada do Mónaco - primeiro com uma infeção nos ouvidos, no nariz e na garganta que a obrigaram a fazer três cirurgias na África do Sul. Mais tarde, a princesa regressou ao Mónaco mas só por alguns dias. Logo internou-se numa clínica na Suíça para recuperação do stress. 

A antiga nadadora teve alta em abril e tem assumido aos poucos alguns compromissos oficiais. 

Em novembro, o site da 'Page Six' noticiou que Charlene, de 44 anos, "quase morreu" na África do Sul depois de passar por várias cirurgias e perder uma quantidade preocupante de peso.

Amigos da princesa afirmaram àquele site que a casa real monegasca estaria a subestimar a gravidade da doença de Charlene. "Não sabemos por que o palácio minimiza o facto de que ela quase morreu na África do Sul".

Na altura, Charlene teria perdido uma grande quantidade de peso rapidamente por "não conseguir comer alimentos sólidos há mais de seis meses por causa de todas as cirurgias pelas quais passou".

Charlene regressa à vida pública ao lado dos filhos e de Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco
Charlene, Alberto do Mónaco

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever