'

Notícia

Nacional

Amor doentio! Beatriz Lebre assassinada brutalmente por amigo de faculdade que a perseguia obsessivamente

Corpo da jovem estudante continua desaparecido. Autor confesso do crime está internado após ter cortado os pulsos.
28 de maio de 2020 às 20:08
Beatriz Lebre, a jovem de 23 anos assassinada pelo colega que a perseguia
Estudante continua desaparecida. Rúben Couto confessou crime à PJ.
Beatriz lebre
Beatriz lebre
Beatriz lebre
Beatriz lebre
Beatriz lebre
Beatriz lebre
Beatriz lebre
Beatriz lebre
Beatriz lebre
O corpo de Beatriz Lebre de 23 anos continua desaparecido, depois de ter sido escondido pelo amigo de faculdade que tinha uma obsessão doentia com a jovem estudante. Rúben Couto, o jovem de 25 anos que diz ter assassinado a amiga, que recusava ter uma relação amorosa para se dedicar por completo aos estudos, tentou matar-se, cortando os pulsos, depois de confessar que tinha a morto e que tinha deitado o corpo dela junto ao Rio Tejo.

A história é macabra e parece de uma série negra de televisão. Rúben tinha uma paixão avassaladora pela jovem mas ela recusava os avanços. "Ela queria concentrar-se nos estudos", disse o avó da vítima à CMTV.

Os dois estudavam num mestrado de Psicologia Social e das Organizações no ISCTE, em Lisboa, onde conheceu Rúben.

A jovem vivia em Chelas e terá sido assassinada à porta do prédio, na sexta-feira, e depois o seu corpo levado para junto ao rio Tejo, onde as autoridades passaram o dia em buscas.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever