'

Notícia

Surpresa

Ele já se casou com outra, mas Maria Cerqueira Gomes não larga anel de noivado que o ex-companheiro lhe deu

Francisca é fruto de "um amor visceral" entre a apresentadora da TVI e do piloto de automóveis, Gonçalo Gomes. Apesar da grande paixão, o casamento entre os dois nunca aconteceu. Foi cancelado cinco dias antes da data marcada.
17 de novembro de 2021 às 09:17
Maria Cerqueira Gomes exibe beleza nas redes sociais
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
maria cerqueira gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
maria cerqueira gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Gonçalo Gomes foi o primeiro grande amor da vida de Maria Cerqueira Gomes. A apresentadora nunca escondeu o quão forte foi a paixão pelo pai da sua filha Francisca, de quem foi mãe quando ainda tinha apenas 19 anos. Agora, vem a saber-se que a apresentadora ainda usa o anel de noivado que o piloto de automóveis lhe ofereceu, apesar de nunca terem casado.

Trata-se de uma jóia, admite, que usa com regularidade por "carregar" um significado especial: "As joias são como as músicas, não é? Eu acredito nisto. Oiço uma música e faz-me lembrar um determinado tempo da minha vida, uma recordação, e as joias também. Tenhum um anel, de noivado, que continuo a usar, mas nunca casei", contou ao programa 'VivaVida', da TVI.

"Representa quando a minha filha nasceu... continuo a usar e adoro", explicou-se. Recorde-se que o ex-companheiro de Maria Cerqueira Gomes já está casado com outra mulher, Mariana Pinto de Sousa, e já voltou a ser pai dessa relação. 

Sobre esse seu primeiro grande amor contou a apresentadora em entrevista a Cristina Ferreira: "O Gonçalo e eu, e creio que posso falar disto, tínhamos aquele amor que era mesmo visceral. Era a loucura. Depois, fui mãe, desisti do curso de Direito e fiquei muito perdida. 'O que é que vou fazer? Que curso vou tirar?'. Depois, ia casar... e não casei. Foi assim. Separámo-nos. Estivemos dois anos separados e voltámos a juntar-nos".

Continuou: "Nunca quis casar. Depois disso [referindo-se à separação], nem ouvir falar em casamento. Eu tinha tudo, Cristina. Presentes, vestido... O casamento foi cancelado cinco dias antes da data. Tinha tudo". E concluiu: "Foram precisos dois anos de luto. Depois, voltei a viver quatro anos com o Gonçalo e separei-me dele, que agora está muito bem entregue, muito bem casado. Foi muito difícil".

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever