'

Notícia

Drama

Em dia de aniversário, primo de Rogério Samora assume situação financeira difícil: "Não conseguimos mexer num tostão do Rogério"

O primo Carlos não esconde a frustração com a ausência de evolução do estado clínico do ator, que se encontra internado há 100 dias e a lutar pela vida depois de uma paragem cardiorespiratória.
28 de outubro de 2021 às 15:09
Primo de Rogério Samora acredita que este vai recuperar
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora, Carlos Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora
Rogério Samora, Carlos Samora
Este dia 28 de outubro – precisamente 100 dias depois de ter sido hospitalizado na sequência de uma paragem cardiorrespiratória – Rogério Samora completa 62 anos. Mas há poucas razões para fazer uma festa ao ator, que se encontra internado numa unidade de cuidados continuados em Mafra.

"A visita é uma vez por semana e já a fiz hoje [segunda 25]. Por isso no dia de anos dele, o que combinámos, os amigos, é erguer uma taça de champanhe e beber pela saúde dele. Só isso", diz pela primeira vez o primo Carlos Samora sem o vigor habitual que lhe conhecemos nas palavras. "Vamos fazer o que a SIC não lhe fez nos Globos", anuncia duro nas palavras à TV Guia.

Carlos não esconde a frustração com a falta de alteração do estado do ator. "Não é fácil responder aos mil telefonemas e dizer a todos que a situação está estável, mas que ele está na mesma. Estão sempre a ligar-me e não tenho nada de novo para dizer e acreditem que queria", lamenta à mesma publicação.

Carlos Samora assumiu esta missão que está disposto a levar até ao fim. "Caiu nos meus ombros esta situação que é uma situação complicada. Aquilo que quero é dar dignidade ao Rogério. Tem sido muito difícil, sobretudo a nível burocrático", lamentou em declarações à SIC.

Para além de visitar e cuidar do primo, Carlos assumiu também o pesado fardo financeiro. "O Rogério está com 100% de incapacidade. Temos de esperar o tempo que for necessário. Passaram 100 dias e eu tenho assumido todas as responsabilidades do Rogério e estamos cá para levar isto até onde for possível para fazer face às despesas que ele tem. Tenho de ser eu, das minha economias, do meu trabalho – eu e de lá de casa, da nossa família – porque não conseguimos mexer num tostão do Rogério", desabafou Carlos Samora.

Rogério Samora tem um irmão, Paulo, que foi viver para Espanha há muitos anos e cujo paradeiro se desconhece. Há mesmo a convicção no seio da família – inclusive do próprio ator – de que possa "já ter falecido". O pai do ator, o Sr. Edmundo, está intyernado num lar, com Alzheimer e não sabe da situação complicada do filho, que se encontra em coma vegetativo e com uma sonda no estômago para poder ser alimentado.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever